Sessão de Terapia 1×03 — Nina

Nossa! Você já tá me cansando. Sério!” — Nina

É hora dos jovens se identificarem. Voltamos ao horário das 9h com Nina, ginasta que sofreu um acidente e que agora se vê perdida entre as barreiras da sua promissora carreira e suas confusas vontades. Uma sessão de ar renovado, limpo, coeso e a primeira até agora que conseguiu arrancar ao menos um sorrisinho no meu rosto, pois não foi inteiramente melancólica.

Este episódio começou com Clarice brigando com Theo, que dizia que o filho deveria ir à aula mesmo com uma suposta febre de 39 graus e meio. Ela disse 3 ou 4 frases, e foi como um rojão de luz na cara do telespectador: eles têm um casamento desgastado. Por mais que Theo tentasse ser suportável, Clarice parecia não aguentar uma palavra dele, o que culminou nela desistindo da discussão. O filho de Theo implorou para ficar em casa, pois queria ver um filme com o pai, e Theo foi bem claro: “Você sabe que eu tenho que trabalhar!”, fazendo o seu filho ficar com um ar triste, porém pareceu aceitar como sempre deve ter aceitado desde que se entende por gente. Isso é algo que com certeza vai piorar com o decorrer da série e é uma pauta obrigatória para as sextas-feiras com Dora.

Mas, voltando a nossa fofa paciente das quartas, Nina é muito sensível, mas tenta parecer lidar bem com todas as peças que a vida lhe prega. Theo sempre muito perspicaz nota a necessidade que ela vê em interpretar um papel na frente dele, e trata logo de relaxar, usando gírias, dando sorrisos amistosos e deixando ela falar sem limites. Isso tudo faz com que ela fique confortável e conte o motivo de estar lá. Nina, na verdade, acha que está bem, mas quer uma avaliação para provar para os ‘amigos’ e para a seguradora do carro que à bateu, buscando aceitação social e indenização, respectivamente. Isso obviamente caracteriza uma deficiência de caráter e Theo sabe que o buraco é mais embaixo, então corre atrás das informações da vida pessoal de Nina, suas relações familiares e sobre suas expectativas para o futuro.

Ela demonstrava o tempo todo estar nas nuvens com cada palavra que Theo dizia, mas ao mesmo tempo é rebarbada, típica adolescente mesmo. Adora soltar um “Nossa, é assim que você fala com a sua filha?” ou um “Ai que saco!”. Mas ela sofreu mesmo ao falar sobre o descaso que sua mãe tem por ela, mas não se aprofundou muito. Fica para semana que vem! Mas Nina também teve seu lado descolado. Ela fez piadinha, andou pela sala, mostrou o desenho do provável namoradinho nas ataduras do braço e ainda ficou mexendo nas coisas de Theo, aliás, que show de fotografia foi esse episódio. Cenário muito bem feito e trabalhado nos detalhes, mesmo não sendo um sonho de sala para muitos. Foi o episódio com mais pirotecnias, mas nada que desfocasse a narrativa, que é o principal. O cuidado da produção enquanto isto vem sido espetacular, impecável.

Zécarlos Machado teve sua melhor performance, esteve equilibrado, conseguiu mostrar todas suas nuances de um terapeuta sem esforço. O pesado texto ficou leve nas entonações que ele deu, mas acima de tudo, conseguiu deixar a atriz que interpreta Nina, Bianca Müller, brilhar, o que é de extrema dificuldade. Ela é gostosa de se olhar e escutar, além disso tem um frescor inexperiente necessário para um drama tão adulto.

O auge da sessão foi o momento em que um dever de casa foi proposto, e eles alcançaram um projeto de relação quase de amigo mais velho e amigo mais novo, que é de importância infinita para ambos. O dever de casa em si não é muito pertinente para o enredo da série, mas o que o “sim” de Nina significa é. Muitíssimo. Theo até esboçou o raro sorriso na hora em que ela topou!

Ora agressiva, ora frágil, mas sempre desamparada e impaciente, Nina mostrou que vai exigir que Theo melhore a cada semana seu poder de persuadir em busca de informação, pois ela nunca foi de falar muito com ninguém! Mas isso é uma tarefa fácil, não? Afinal, Theo é terapeuta. Bem, talvez para as balzaquianas e marmanjos que ele costuma receber em seu sofá, sim, mas como fazer isso com uma criança de 15 anos que não sabe o que quer, e ainda sem correr o risco de perder a necessária confiança dela? Isso ele ainda claramente não sabe. E nem nós.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER