Sessão de Terapia 1×21 — Júlia

[…] sua influência me faz mal.” — Júlia

Nossa Lolita chegou botando moral. Afirmou com nuca e caninos que essa seria sua última sessão. Claro que é mentira! Ainda faltam algumas semaninhas para ela e nós sabemos que não passou de uma maneira de surpreender Theo.

Quando o terapeuta começou a falar sobre a possibilidade de encerramento da terapia, Júlia estremeceu. Agora foi a vez dela de fazer Theo passar pela desagradável situação. Obviamente que ele ficou abalado, mas deixou passar, afinal, se era mesmo a última sessão, tinha-se muita a falar.

O começo da sessão foi complicado, porém previsível. Eu já sabia para qual caminho ela iria. Júlia quase matou uma menina porque estava pensando em Theo na hora de liga-lá aos tubos de anestesia. Vejam só que ponto ela chegou! Mais uma vez Júlia fez questão de se colocar a culpa por tudo que acontece em sua volta. Ela é uma frustrada, se entende e se aceita nessa condição. Juro que já tentei, mas não a vejo como safada. A vejo como vítima, afinal, ela teve sim uma vida dura, confusa e desestruturada, e isso nunca parou de se refletir em suas atitudes.

O que foi aquela cara do Theo quando ela contou do Beto? Ele largou o sorriso esboçado e se rendeu àquela cara que parecia pronta para explodir. Gostei da comparação com o romance Lolita. Júlia usa muito sempre o seu apelo sexual porque sabe que funciona. Não há maneira de resistir à uma mulher daquela. A importância desse momento tomo como crucial, pois entendemos que isso não é coisa de hoje. Ela sempre foi assim.

Ela não era a vilã, nem Beto. Seu pai pode ser um claro vilão dessa história. Durante toda a adolescência, Júlia teve que cuidar dele em função da morte de sua mãe, quando na verdade deveria ser o contrário. Em Lolita, há também um voyeur. Um stalker. Alguém que só observa e nada faz. Assim como seu pai. Por isso ele na verdade era o lado que pesava de forma negativa na cabeça da filha. Culpa dele. O resto ao longo da vida da nossa anestesista é só consequência.

Maria Fernanda Cândido tem dado show atrás de show. Às vezes até ofusca Zécarlos Machado (palavra de hoje: satisfatório). A edição e a direção foram menos bruscas e adorei ver a metade das costas enquanto os ombros serviam de base para o queixo do outro que estava de frente, do outro lado. Ficou lindo! Aqui a trilha sonora funcionou e em uma de suas melhores formas.

Theo enfrentou Júlia mas era fracasso atrás de fracasso. Ela dirigiu o timing da sessão sozinha. O momento em que tudo foi desconversado foi planejado pela Lolita. Ela foi beber café como quem não queria nada e perguntou se era aquela a famosa cafeteira do Breno. Vai enganar outro, Júlia! Ela só queria dar uma desabafada sobre o fato de ter terminado tudo com o atirador de elite. Ela queria dar aquele gás de esperança retomada ao Theo e conseguiu. Encerramos aqui o ciclo Júlia x Breno x Theo. O balanço da história é positivo e vai servir ainda de âncora daqui algumas segundas feiras, terças e sextas.

Finalmente ela percebeu que a sua vida tava definhando enquanto Theo tava escondendo que ele partilha com ela dos mesmo sentimentos. O “Acabou! Essa é a minha última sessão.” foi profundamente natural e como se fosse um evento corriqueiro. Isso é porque eles sabem que aquilo não aconteceria, mas é como um ultimato, do tipo “Diga que você me ama também! Suas chances estão acabando!”. Aquilo colocou Theo em profundo medo e reflexão. O melhor golpe que Júlia já deu no velho até agora.

Épico o momento em que Theo, com lágrimas nos olhos, retribuiu o abraço de Júlia. Para semana que vem… Bem: “Estou guardando o que há de bom, em mim. Para lhe dar quando você, chegar. Toda ternura. E todo meu amor.”! É galera! Acho que agora vai.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER