Sessão de Terapia 1×45 — Dora [Season Finale]

Sou um homem de merda!” — Theo

Foi muita coragem fazer um versão brasileira de BeTipul. Mas desde o momento em que foi anunciado, morri de curiosidade, vontade e esperança. O interessante sobre o texto, é que ele não muda. É o mesmo para todas as versões de todos os países, fazendo as devidas adaptações à todas as culturas, claro. Eu sempre confiei por que sabia que o diferencial da série, que está nas atuações, não deixaria a desejar. Muito menos a direção. Chegamos ao final podendo dizer tranquilamente que o orgulho dessa produção nacional é imenso.

Durante toda essa semana, as sessões não tiveram desfechos, propriamente ditos. Apenas nos mostraram o caminho para começar a pensar no que será da vida de cada paciente daqui para frente. Satisfatório e reflexivo, o último episódio não foi diferente.

Começamos com Theo indo visitar Júlia. Que apartamento! Cheio de carga emocional pretensiosa e bastante belo por fora, assim como sua dona. Falou-se muito em transferência erótica só que ela brigando com Theo e reclamando foi apenas uma prova clara para mim de que o tempo todo tratava-se de alguém para salvá-la. Ela não estava disposta a entendê-lo, tê-lo e nem nada disso. A tensão sexual era existente, mas não tem como saber se ela realmente estava apaixonada por ele. Só uma das grandes sacadas inteligentíssimas, tão frequentes em Sessão de Terapia.

Ao ir falar com Dora, a redenção foi finalmente uma via de mão dupla. Acho que ali sim, largaram o hobbie de terapeuta para se dedicar de forma quase solene e mascarada, a verdadeira relação “profissional” dos dois: amigos. Theo deve a chance de se aceitar, aceitar Dora, aceitar Júlia e aceitar a situação toda que ocorreu. Demorou, mas chegou. Dora passou pela mesma coisa com Jorge anos atrás, e mesmo carrancuda e rígida, bem de forma bem megera mesmo, ela tentou direcionar Theo para o caminho menos doloroso e que considerava correto. Ele foi além da margem. Mas talvez a vida seja sobre isso mesmo. Sair da zona de conforto, tentar o novo, rever conceitos e teorias. Pode não ter sido o melhor para ela na época, mas não tinha como não saber se era o melhor para Theo. Até ele tentar. Independente de mágoas, Dora já tem material extra para o seu romance, não é?

Um desfecho pequeno e simples: Theo decidiu não fazer nada nada nada de nada com a Júlia. Assim. 9 semanas pensando e convertendo tudo aquilo que acreditava em experimentos, ele optou por deixar assim, como está, sabendo que nada mais será o mesmo. As proporções dos acontecimentos da série foram destruídas nesse episódio final. Se nós achávamos que aqueles flertes e pequenas confissões eram os passos pequenos antes dos largos, nos enganamos. Essas 9 semanas desenhando essa complicada relação foi o primeiro passo pequeno. Muito pequeno. Chave para vários conflitos familiares de Theo e ainda com muita história para ser resolvida e contada, a descoberta do tamanho de cada passo foi o essencial nesta temporada.

Tudo esteve de parabéns. Selton, Selma, Zécarlos, as Marias, Mariana, André, Bianca, Sérgio. É muito amor e talento. Nada esteve fora do ponto. Com mais altos do que baixos, tivemos uma série sensível, bem produzida e carinhosa para com seu público. Será que teremos uma segunda temporada? Bem, falta esperar, mas, com continuação ou não, a brasileiríssima Sessão de Terapia é um aspirante a clássico.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER