Sim, eles cantam!

Faz tempo que não monto listas, né? E promessa é dívida. Anunciei no podcast e agora vim cumprir. Para ser sincero em nem lembravva de tantos personagens cantando em séries de TV. Teve a dica da Ana, sobre a Lorelai, e a dica do Kidd, sobre o Sandy Cohen. Com certeza eu esqueci de alguém.

Tem caso de série com mais de um ‘cantor’, e teria o caso de uma atriz que canta em mais de uma série Jane Krakowski, que já esteve em Ally McBeal e canta a torto e a direito em 30 Rock, mas este é um top 10, não um top 11 — até teria feito a excessão se tivesse encontrado uma versão decente de Muffin Top, mas não foi o caso. Então segue a lista de 10.

10- Claire Fisher, Six Feet Under — The Rainbow of her Reasons

Quem nunca teve um emprego chato, daqueles em que a gente fica na rotina e as vezes se imagina fazendo algo mais interessante do tipo… ser um astro da música. Claire, a caçula da família Fisher, chegou a esse ponto. E ela deu um show a parte. Vale lembra que a vocação para cantar está na família. Mais abaixo você vai ver outro exemplo.

9- Sheldon Cooper, The Big Bang Theory — Any Way You Want It

Um nerd pode fazer coisas inimagináveis, como cálculos envolvendo letras e números — o que nunca fez sentido para mim. Mas um nerd bêbado, ou excitado, pode fazer muito mais. Agora imagine este nerd sendo Sheldon, com certeza você não esperaria ele cantando. E é isso que torna a situação tão engraçada. Tem dois vídeos, o segundo eu não descobri o nome da música. Se alguém souber, avisa que eu dou um up no post.

8- Lorelai Gilmore, Gilmore Girls — I Will Always Love You

Cena triste, comovente… Um pouquinho de vergonha alheia. Mas tenho que concordar que Lorelai Gilmore leva jeito para a cantoria. Quem é gilmore fã e não ficou com o coração apertado ao acompanhar esta cena? Uma das destacáveis do seriado, que para mim só perde para a Emily desfilando. Com certeza, inesquecível momento.

7- David Fisher e Keith Charles, Six Feet Under — Uptight

David sempre foi um gay um tanto contido… Mas sua ligação com a arte sempre esteve a flor da pela, assim como sua religiosidade. Aí ele misturou tudo isso. Entrou para o coral de uma igreja gay e, por incrível que pareça, isso ajudou muito o personagem a se soltar e ser ele mesmo. Aliás, momentos inesquecíveis da série são quando ele está cantando, seja solo, no coral, ou com seu namorida, Keith Charles, como no vídeo abaixo.

6- Elaine Vassal, Ally McBeal — The Music and the Mirror

Vou ser sincero, o que queria mesmo era ter achado o vídeo da Elaine com suas backing vocals do episódio de natal da primeira temporada de Ally McBeal. Mais precisamente dos ensaios, quando ela se mostrava super empolgada e as backing volcals um tanto irritadas. No final a apresentação deu certíssima e a prova de que Elaine tem talento musical é o vídeo abaixo, do episódio em que ela faz um teste para um musical.

5- Sandy Cohen, The OC — Don’t Give Up On Me

Ao estilo Lorelai Gilmore, mas com menos drama, Sandy Cohen também se mostrou um cantro romantico. Para homenagear a esposa, Kirsten Cohen, o judeu pegou o microfone e soltou a voz. Petter tem a voz e Sandy convenceu. Eu nunca desistiria de um canto-marido-namorado assim. Kiki tambén não.

4- Grace Adler, Will and Grace — Hey Ya

Quando Debra Messing ficou grávida, não havia muito o que fazer na série para esconder sua enorme barriga. Então os produtores a colocaram atrás de uma mesa fazendo uma infinita sorte de coisas. Entre elas, cantar. O problema é que ela não canta exatamente bem e você, junto com os vizinhos dela, é obrigado a concordar comigo.

3- Amanda Summers, Ugly Betty — Gene Simons is My Father

Eu teria colocado Amanda em primeiro lugar, mas não seria justo com o clássico que ficou no topo deste top. Mesmo assim, a recepcionista que é filha de uma lenda da Moda, não escorregou na passarela, nem caiu do salto. Na tentativa de ficar famosa com a música e de descobrir quem é seu pai, Amanda acabou relacionando as duas coisas… Descobriu que seu pai era Gene Simons, do Kiss (o que acabou nem sendo verdade) e fez uma música para ele… HILÁRIO! Esta é uma das cenas que nunca vou esquecer de Ugly Betty, junto com o funk da Whihelmina.

Bonus: MilkShake

2- Robin Sparkler, How I Meet Your Mother — Let’s Go to The Mall

Let’s Go To The Mall não é um clássico, ainda. Mas tem potencial. Para mim este clipe traz uma lista de referências gigantescas, desde a fracassada carreira da cantora Alanis Morissette, como diva pop adolescente canadensa (extamente o que Robin Sparkles foi), até o clipe gravado por Phoebe Bufay em Friends. Eu sei que os fãs de How I Met Your Mother odeiam comparações com Friends, mas eu acho impossível não fazê-las e este clipe, que é ótimo, só me dá mais fundamento. Para mim a melhor parte é quando aparece o robô. rs

1- Phoebe Bufay, Friends — Smelly Cat

No topo da nossa parada musical em série, não poderia estar outra ‘cantora’ senão Phoebe Bufay, a multi-uso de Friends. Adorava a capacidade que os roteiristas e criadores desta sitcom tinham de reinventar a personagem, adcionando coisas inimagináveis a seu passado. A vida de Phoebe era tão louca que eu me perguntava como ela tinha virado amiga de todos. Mas o ápice de seu passado incógnito foi o megasucesso de Smelly Cat, canção sem pé nem cabeça que é hino para os fãs de Friends.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER