Smash 2×01–02 — On Broadway/The Fallout

Estou presa na tempestade
Estou presa na chuva
Estou presa na correria que esconde essa dor” — Karen, canção original do Jimmy

O drama musical da NBC, se quiser continuar mantendo o título de drama, terá que deixar para trás o tom pastelão que foi impresso á série neste inicio da segunda temporada. Tendendo à comédia, a série esquece um pouco de Bombshell, da história do musical e do clima Marylin que a primeira temporada teve para se focar nas personagens e em seus dramas pessoais.

Estes episódios foram ligados pelo tema das perdas que os personagens tiverem, e até mesmo pela eminente perda do espetáculo. Na luta por levar Bombshell à Broadway ainda neste ano, Eileen esboça uma aliança com seu ex-marido, Jerry, de quem ficou correndo e jogando bebidas na cara a primeira temporada toda.

Ok, não tem alternativa para o espetáculo se não engolir o seu orgulho e, sob termos específicos, aceitar o financiamento de quem a ajudou durante uma vida inteira, na produção de espetáculos de sucesso on Broadway. E será que se unir ao ex é mesmo tão radioativo assim como o título do segundo episódio sugere? Acredito que não, acredito que a personagem de Anjelica Huston só cresce na trama ao se unir a um inimigo em prol de Marylin. Afinal de contas, Jerry a cercou por todos os lados, destruindo as possibilidades de financiamento que ela teria, e obrigando Eileen a aceitar seu dinheiro porque ela sabe que Bombshell será um sucesso.

E por falar no espetáculo, reparam como Karen está cada vez mais distante dele e do papel de Marylin e como Ivy está cada vez mais próxima? Acredito que neste inicio de temporada, a mais madura Karen quer mesmo ser estrela da Broadway e está se esforçando para tanto, mesmo que não encene Marylin. Para Ivy, let me be your star significa interpretar Marylin, mas para Karen não. Ivy é a típica estrela de musicais, enquanto Karen é provavelmente uma futura diva pop.

Smash 2x01-02

Com vozes diferentes, as duas estão encontrando seus nichos específicos dentro do showbiz. A ideia de inserir um novo espetáculo na trama, novos personagens e novas possibilidades incendeia a trama. Agora que a série está enxuta, sem os excessos dramas de Dev e Frank, os demais personagens tendem a se envolver com outros mais interessantes.

É o caso de Jimmy, interpretado por Jeremy Jordan, ator experiente da Broadway, que enriquece e muito o elenco. Jimmy tem um sonho de ser escritor e cantor na Broadway, mas esconde suas canções por orgulho. Karen vê nele uma possibilidade para conseguir alcançar seu sonho.

Depois da temporada de Bombshell em Boston, todos os jornais a escolheram como a próxima estrela dos musicais. Mas ela volta para esta temporada mais determinada e menos ingênua que no passado. A convivência com Derek, Eileen, Tom, Julia e principalmente com Rebecca Duval (saudades, Uma Thurman) a fizeram crescer, amadurecer e se tornar determinada. Ela enxergou o lado profissional de interpretar um papel em um musical e absorveu o máximo que pode para sua personalidade. Absorveu tanto que está tomada pela arrogância que me irritava em Ivy na temporada passada.

Enquanto isso, Ivy vive o caminho contrário: existe uma dúvida no coração da loira em seguir a carreira ou não. Ela não está conseguindo papeis significativos depois do insucesso em Boston e se questiona também se suas alianças com Derek foram positivas. Ela está vivendo o papel da mocinha sofrida, que cabia à Karen na temporada passada. Seria perfeito se Karen seguisse com esse novo musical e Ivy fosse de vez Marylin. É uma solução, não a que mais me agrada. Acredito que as duas podem interpretar Marylin nos palcos, em diferentes cenas.

Interessante será vez a disputa das duas protagonistas pela atenção de Derek, pelos papeis que estão por vir e pelo protagonismo da série. E como a canção que ilustra a review sugere, essa tempestade a que os personagens estão presos irá passar. Em The Dramaturg nós já veremos isso. Smash voltou com muitas novidades! Então… Break the leg, guys! Até a próxima apresentação e merda para todos! E fique com o promo do próximo episódio.

P.S: Ellis não faz falta, mas se voltar que seja diferente!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Será que a Elsa se assumiu lésbica cantando e ninguém percebeu?

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

Teorias de conspiração na Disney??? Nem tudo é verdade.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER