Sobre a saída da Nina Dobrev

Um ótimo dia para você que nasceu fazendo a Marina and the Diamonds no clipe de “How to be a heartbreaker” (sim, porque eu estou com esse videoclipe na cabeça desde que ela cancelou o show no Lollapaloser). Essa coluna é para você!

E foi com um grande pesar que na noite de segunda-feira recebi uma notícia muito lastimável e é exatamente esse o assunto da nossa #GONGSHOW. A coluna de hoje é sobre a saída da Nina Dobrev de The Vampire Diaries (pausa dramática para um choro, um abraço ou um consolo).

Todos que me acompanham sabem do meu grande e incrível amor pela Nina Dobrev, que, carinhosamente, é chamada aqui nessas bandas de Nina Flopev. Pois é, e não é que a canadense acabou flopando mais uma vez? Porque, para e pensa em uma coisa: se você é a protagonista de uma série de televisão de sucesso e que enquanto fizer sucesso será mantida ad infinitum e ganha um salário razoável no meio de uma grande recessão televisiva mundial e não tem muito talento para fazer outra coisa que preste, PORQUE É QUE VOCÊ VAI ABANDONAR O BARCO A ESSA ALTURA DO CAMPEONATO, GATA?

The Vampire Diares nunca foi boa. Só de ser feita pela CW e de passar na MTV brasileira é um forte indício da verdade que eu estou dizendo. Eu assisti às duas primeiras temporadas e tive a sensação que só iria gostar muito daquilo se tivesse uma idade mental muito, mas muito inferior. Afinal de contas, do nada o povo se ama, depois vira inimigo, se matam, ressuscitam, criam duplas, triplas, quádruplas personalidades, usam anéis, saem no sol, são clonados e ainda geram spin-off. Por esse prima, a saída de Nina Flopev é até compreensível.

Dizem que ela vai tentar seguir a carreira cinematográfica, no entanto, talento a guria não tem pra isso. Veja uma cena da série e tirem suas próprias conclusões:

Ela tá tentando o que ser? Ser a nova Katherine Heigl? Se bem que ser a nova Katherine Heigl não é necessariamente um avanço. Está mais para um retrocesso já que a loira nunca emplacou um grande sucesso no cinema.

Outra possibilidade para a saída dela é a questão do salário razoável. Vocês sabiam que ela ganhava apenas uns 30 mil por episódio? Pode parecer muito para quem sobrevive tendo que vender o almoço pra comer a janta, mas analisem os outros salários do canal: Tom Welling (150 mil) e Jensen Ackles (175 mil). Chega a ser humilhante. Cara, na boa, se eu ganhasse menos que a metade que Tom Welling e Jensen Ackles ganha, eu iria tentar a sorte vendendo pulseirinhas hippies em alguma praia do nordeste. Sério.

Mas o que é pior não é isso. O pior é que A SÉRIE VAI CONTINUAR PARA MAIS TEMPORADAS MESMO SEM A SUA PRINCIPAL ESTRELA. E aí eu te pergunto? Tem como levar a CW a sério? Se bem que, pensando bem, a notícia não é tão ruim assim. Com a saída da Nina, muitos disseram que a #GONGSHOW estaria na pior por não ter a sua grande musa gongada. Só que a série vai continuar… SEM ELA. Se isso não é motivos para dar glórias , porran, o que é estar bem, não é?

Nunca é tarde para resgatar um meme clássico.

Para encerrar, fiquem com o pronunciamento oficial do nosso presidente da Box Inc.

Mais sobre The Vampire Diaries na #GONGSHOW aqui, aquiaqui.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER