Sobre Aniston e o Super Bowl

HELLO, HELLO!

Puxa, como eu estava com saudades de vocês, seus lindos! Depois de um mês de merecido descanso (se bem que ninguém descansa muito bem quando vai fazer um tour “gastronômico” no Rio de Janeiro), estamos de volta com a terceira temporada da sua, da minha, da nossa #GONGSHOW!!! __________ (insira aqui sua onomatopeia preferida)

Courtney Act Rupauls Drag Race

E a gente já começa falando de Oscar. Eu vi todo mundo mega revoltado com a não-indicação da Jennifer Aniston, ex-senhora Brad Pitt, ex-Rachel de Friends. E todo mundo falando que ela se superou, que o Oscar merece dar uma variada e blá blá blá. Sabe o que eu achei de tudo isso? EU ACHEI FOI POUCO!

Primeiro que a maioria do povo que tá defendendo a indicação dela nem viram o filme ainda e já vão falando. Ah, poupe-me, né? É como dizer que ama jiló nem nunca ter colocado aquela coisa amarga na boca.

Segundo, quem é que ia sair pra Aniston entrar? Julianne Moore como a professora com Alzheimer? Reese Witherspoon como a versão feminina de “Na natureza selvagem”? Marion Cotillard que até em “O cavaleiro das trevas ressurge” está melhor que a Anniston? Ah, por favor, né galera.

Terceiro e não menos importante: Aniston não é boa atriz. Aliás, é uma péssima atriz. Ela sempre tá fazendo variações da mesma personagem há séculos e vocês nem perceberam. Tudo é derivação da Rachel, da série mais superestimada de todos os tempos Friends.

A pior coisa da carreira de Aniston como atriz séria foi ter feito Friends. Não adianta, está amaldiçoada. Ninguém se deu bem fora daquilo ali (tirando a Lisa Kudrow que arrasou em Scandal, mas foi ameaçada pelas viúvas de Friends e acabou tendo que abandonar a série para não apagar da memória do povo a participação dela na série enfadonha dos seis amigos).

Aniston, gata, na boa, continua fazendo suas comedinhas românticas rentáveis e não caia mais no conto da carochinha não. Você só se frustra. Deixa o Oscar para atrizes sérias de verdade.

E o Super Bowl domingo, hein?

Já digo logo de cara que eu não entendo lhufas de futebol americano e que só assisti para ver o show do intervalo com Cleber Machado e Galvão Bueno. E ver o Tom Brady. E secar o Tom Brady. E aquele povo todo bonito na arquibancada.

E qual não foi a minha frustração ter que esperar umas 536 mil horas até o intervalo? Por que alguém espira, o tempo para. Alguém solta um pum, o tempo para. A mãe de alguém morre, o tempo para. TUDO O TEMPO PARA e o Cazuza já deu a dica, galera.

E aí entra a Kátia Peres em cima de um tigre inspirado em animações 3D mal feitas que costumam passar na Sessão da tarde. E ela demorou para trocar de roupa. Pode até ser uma bobeira, mas um show pop onde a cantora não troca 536 vezes de roupa em 50 segundos não é um show pop.

E teve a participação da Missy Elliot super magra, mas que estava totalmente fora de contexto. No fim das contas, o show da Kátia mais parecia a chegada do Papai Noel no Maracanã, meio show da Xuxa. U2 e Madge continuam sendo os donos do Super Bowl.

E como esse povo da internet é bem rápido, saca só que genial:

E depois voltamos para o futebol americano e eu tava estranhando que em um jogo como aquele não saísse um quebra-pau danado. Porque todo mundo se batendo o tempo todo dentro de campo. Se não saísse uma briga, eu ficaria chocado. E daí que um dos times fez o Palmeiras e apelou. Um foi expulso. Queria mais voadoras no melhor estilo Luís Fabiano, mas deu pro gasto.

Amigo que é amigo, chega na voadora!

E foi isso. #GONGSHOW de volta e semana que vem pretendo falar sobre musica: Galavant, Empire e Grammy.

And please, don’t fuck it up!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER