Spartacus 2×01 — Fugitivus

Dois anos depois da estreia de Blood and Sand — e um ano após a minissérie prequel Gods of the Arena — a Starz lança Spartacus: Vengeance, continuação cronológica da trama dos gladiadores rebeldes da república romana.

Com um rosto diferente (ainda não me conformei com a morte precoce de Andy Whitfield, mas o show deve continuar), Spartacus surge na pele de Liam McIntyre (The Pacific), um ator cujas semelhanças físicas com Whitfield ficam maiores dependendo do enquadramento e da iluminação. Ponto para a produção!

O restante do elenco permanece o mesmo, o que é ótimo: temos de volta os gladiadores Crixus (Manu Bennet), Oenomaus (Peter Mensah), antigo Doctore do ludus de Batiatus (John Hannah, infelizmente de fora, por ter morrido na season finale), e Agron (Dan Feuerriegel). As escravas Mira (Katrina Law) e Aurelia (Brooke Williams) também reaparecem, como a nova companheira de Spartacus, e a viúva de Varro (o amigo loiro morto anteriormente).

Na ala romana, junto dos vilões Glaber (Craig Parker) e Ilithyia (Viva Bianca), fiquei feliz em ver Lucretia (Lucy Lawless, a eterna Xena) como única sobrevivente do massacre na Casa de Batiatus. Mas com Hannah e Whitfield de fora, ela como terceiro grande nome do elenco também não poderia morrer…

Dentre os novos personagens, por enquanto, só nos foram apresentados dois: Seppius (Tom Hobbs), um jovem cidadão de Cápua que deseja a honra de capturar Spartacus, e sua irmã, Seppia (Hanna Mangan-Lawrence, de Bed of Roses).

Por fim, sabemos que o traidor Ashur (Nick Tarabay), o ex-gladiador Gannicus (Dustin Clare), herói de Gods of the Arena, e a escrava Naevia (agora interpretada por Cynthia Addai-Robinson) também vão dar as caras nos próximos episódios…

Vamos à história da season premiere! Após um pequeno flashback relembrando a queda da Casa de Batiatus — com muito sangue, logicamente — vemos Spartacus correndo de um pequeno regimento de soldados romanos, que ele facilmente mata com a ajuda de alguns gladiadores. Ao voltar para o esconderijo do grupo, descobrimos que existem dois “clãs”, um liderado por Spartacus e outro por Crixus, ex-campeão do ludus.

As picuinhas internas podem enfraquecer sua união, mas acredito que foi um elemento usado somente na premiere. Apesar de sabermos como a trama vai terminar (lado ruim dos roteiros históricos), os gladiadores não terão a menor chance de continuar libertando escravos, e se opondo a Roma, se tiverem rachas…

Passando para Cápua, vemos Oenomaus percorrendo as ruas da cidade, e vendo uma luta na arena sem o menor brilho que tinha antigamente. Em conflito com sua honra pessoal, por ter se voltado contra o “dominus”, achei uma das melhores cenas do episódio vê-lo com peso na consciência. Algo que deve acabar logo, diga-se de passagem.

Por fim, Glaber e Ilithyia decidem tomar a villa de Batiatus para viver, enquanto o pretor romano lidera a captura dos gladiadores em Cápua. Muito à contragosto, já que a casa a faz lembrar das atrocidades passadas, Ilithya concorda. O clímax da cena é a descoberta de Lucretia ainda viva, e um pouco demente.

Glaber faz uso da imagem da viúva de Batiatus como “sinal dos deuses” de que os gladiadores não terão sucesso. Spartacus está na multidão que ouve o discurso do pretor, e se enfurece quando este traz Aurelia prisioneira, gravemente ferida. Partindo sem nenhum medo para cima de Glaber, temos o primeiro embate entre os rivais, algo que não esperava para a premiere! Crixus chega em seguida e o ajuda com os demais soldados. A desvantagem numérica, porém, os faz recuar.

O episódio termina com os gladiadores se reagrupando, e decidindo se unir a Crixus em sua busca por Naevia, que foi vendida para mercadores do sul. Aurelia morre nos braços de Spartacus, e pede para ele se afastar do seu filho, já que trouxe tanto sofrimento para ela e Varro.

Fugitivus foi disponibilizado na internet alguns dias antes da estreia oficial. Com as sextas-feiras pela frente, vamos torcer para uma temporada digna da memória de Andy Whitfield, com muito sangue e honra!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER