Spartacus 3×08 — Separate Paths

Nós mostramos que a República é vulnerável. Que uma mão trêmula pode se tornar um punho. Desafiamos a ideia de que um escravo deve sempre saber o seu lugar, aceitando o chicote porque assim foi ensinado. Nós construímos essa poderosa República, com nossas mãos, nosso sangue e nossas vidas! E podemos perdê-las com igual custo. Você abriu meus olhos para isso, Spartacus. Não me peça agora para fechá-los”. Crixus

Esqueça os “momentos Glória Perez” da semana passada. Spartacus voltou à boa forma — a melhor forma possível — com Separate Paths, o início do fim dessa saga de muita honra e sangue!

A trama foi relativamente simples, para explorar a fundo os personagens e seus dramas pessoais. Após o fiasco da campanha na neve de Mors Indecepta, Crassus se mostrou mais desestabilizado do que nunca, ao descontar toda sua raiva no senador Metellus. O ato de surrar um senador da República não foi bem recebido por Caesar que, apesar do passado selvagem, tem grandes ambições políticas.

3x8 Separate Paths

Mas a ira de Crassus tem nome: Kore. Depois de tudo o que fez pela serva, sua verdadeira amada, o imperator não entende como ela pode ter se juntado aos rebeldes. Quanto à ela, Spartacus logo descobriu que se tratava de uma escrava de Crassus, e só deixou-a viver pelas súplicas de Laeta. Afinal, depois de Caesar, todo cuidado é pouco quanto a possíveis espiões…

Falando em Laeta, finalmente o casal desencantou! Depois de meses sem amor, e de muito luto pela esposa Sura e pela companheira Mira, Spartacus se entregou a uma noite de sexo com a ex-romana. “Não é seu coração que eu quero agora” foi o melhor argumento que Laeta poderia usar com rei dos rebeldes! Deu certo.

É uma dádiva nós ainda não termos matado um ao outro. Eu gostaria de poder voltar ao passado, para termos um novo começo”. Spartacus

“Eu não veria isso diferente. Nós fizemos o impossível. Vimos a Casa de Batiatus cair. Devastamos a Arena de Cápua. Derrotamos Glaber e todas as hordas romanas que o seguiam. Se eu e você tivéssemos sido acolhidos por braços amorosos, o destino talvez nos colocasse em caminhos menos gloriosos. Crixus

Mas vamos falar do nome do episódio: Crixus. Finalmente acertando os ponteiros com Spartacus, ao entenderem que seus caminhos deviam mesmo se separar — dai o nome do episódio — os diálogos da dupla de gladiadores foram sensacionais! Na medida certa, tivemos um misto de nostalgia com as temporadas passadas e um fiapo de esperança de um futuro para os rebeldes.

Assim, a maior parte do grupo seguiu com Spartacus para as montanhas, enquanto o outro grupo marchou até as portas de Roma, liderados por Crixus, Naevia e Agron. Sim, o fiel amigo de Spartacus seguiu junto com o Gaulês Invicto, já que não via um futuro diferente para si próprio. Sua despedida de Nasir foi emocionante, mas não posso dizer o mesmo de sua morte…

Depois de derrotar a legião que protegia Roma, Crixus se preparava para dominar a capital da República. Mas lógico que não seria tão fácil. Crassus levou todos seus regimentos até lá, e esmagou os rebeldes. Mas, fala sério, não esperava NUNCA que o algoz de Agron e Crixus seria o moleque Tiberius!

A execução de Crixus foi o esperado, e digna do gaulês. Fora a trilha sonora incrível, que se destacou como nunca, e a cena final de sua cabeça decepada vista pelo olhar de Naevia. Mesmo na dor dá pra ser poético, ainda mais em relação a Crixus e Naevia, a única relação que sobreviveu a todas as temporadas, desde Gods of the Arena.

Agora Agron merecia mais do que uma espadada nas costas, e ser pisado como qualquer um dos milhares de mortos na batalha, incluindo o bravo germânico Lugo. Só resta a Nasir se unir com Castus, o que já estava mais do que na cara.

Por fim, não dá para deixar de falar da atitude de Tiberius. Mais determinado do que nunca, o filho de Crassus se impôs finalmente sobre Caesar da maneira mais humilhante possível, numa contra-chantagem que surtiu efeito. Alguma dúvida de que Caius Julius Cesar vai revidar à altura? Mal posso esperar para ver esse piá de prédio se ferrando!

Faltam dois episódios para o fim da série, que têm tudo para serem os mais épicos possíveis! Qual sua expectativa? Deixe seu comentário!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!