SS Soul of Gold 1×08 — Baldr, O Homem Escolhido Por Deus

Episódio Baldr, O Homem Escolhido Por Deus traz grande embates, mas peca pelas lutas pífias.

Você pode ter recebido o grande poder de um Deus, mas falta algo em você.” SHAKA de virgem

Isto já foi dito desde a crítica anterior: É impressionante como Soul of Gold, com oito episódio, consegue apresentar uma montanha russa de qualidade em sua narrativa. Começa fraco, fica incrivelmente interessante, perde velocidade, apresenta ganchos que poderiam nos tirar o fôlego, mas não passa de um loop para começar tudo de novo.

Com a premissa de colocar o cavaleiro mais próximo de um Deus contra um Deus, este episódio trouxe o que deveria ser uma luta épica, mas em volume mínimo. Sem dúvida a melhor luta de Shaka até hoje continua sendo contra Ikky de Fênix, um mero mortal.

Shaka chegou com toda sua humildade à Câmara da Luz, onde Baldr estava preparado para lutar mas o que rolou ali foi apenas uma lição de moral precedida por alguns tapinhas. Andreas depositou toda confiança de que Baldr era a encarnação de Odin?

Baldr, O Homem Escolhido Por Deus

Capaz que não? Andreas é o tipo de vilão que sabe bem o que está acontecendo. Shaka ainda não sabe ao certo o que paira sobre Asgard, mas a própria Athena já revelou a ele que não é Odin que faz a árvore prosperar neste Ragnarok. Palpite: Loki!

Conhecemos o passado de Baldr, um ser puro de coração misericordioso que (sem saber) trocou esta qualidade por um corpo fechado. Seu desejo era ter um corpo mais forte para salvar os mais próximos. Mas como saber a quem ajudar quando justamente o que te falta é um coração?

Apesar de ser chamado de deus, descobrimos que na verdade Baldr carrega uma maldição. Carregar o poder de um deus não o transforma em um. Apenas lhe traz um fardo.

A batalha, como dito, não foi grande coisa. Mas serviu para apontar que Shaka está muito próximo de Deus. Após combater o inimigo e derrotá-lo, ainda teve a misericórdia que faltava à Baldr para eliminar o sentido do tato e dar a ele uma morte mais branda.

Baldr, O Homem Escolhido Por Deus

Talvez o embate mais interessante não tenha sido entre eles, mas entre Máscara da Morte seu oponente. Ainda que tenha sido muito legal o vínculo das duas lutas, mostrando a evolução das armaduras de Câncer e Virgem para sua forma divina.

Máscara rendeu Mu, recolhendo a si mesmo e seu inimigo para um clássico cenário de suas lutas, Seiki Suki. Após aplicar seu Ondas do Inferno, ambos se encontram no vale das sombras e apenas um sairá dali vivo. O outro não merece nem viver, nem morrer. E ele é Fafnir.

O cavaleiro de câncer tinha todos os motivos para dar a ele um fim mais terrível do que a morte, ou a vida: vingança. Fafnir pode ser considerado o responsável tanto pela morte de Afrodite, como também da feirante Helena. Seu destino é o suplício, enterrado vivo nas terras do inferno enquanto almas penadas vagam sobre ele.

Baldr, O Homem Escolhido Por Deus

Falando em morte, Dohko descobre que realmente há algo muito errado com Lyfia na Câmara dos Mortos, Helheim. Aparentemente possuída, ela recebe a ordem de Utgard para se recolher e completar sua missão. Sozinhos na câmara, resta a eles apenas lutar. Mas este é um embate que veremos no futuro.

Talvez junto com a luta entre Saga e Sigmund, o irmão do lendário Siegfried, da saga clássica de Asgard.

O próximo episódio chegará apenas no dia 31 de agosto. Assista ao anterior aqui.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER