Star Wars: O Despertar da Força é tudo que os fãs mereciam

Com efeitos visuais ainda mais caprichados, Star Wars: O Despertar da Força é tudo que os fãs da saga mereciam ver no cinema.

Eu fui criado para fazer uma coisa. Mas nunca tive motivos para lutar.” FINN

Muito mais do que uma continuação da saga original, Star Wars: O Despertar da Força é um ritual que traz aos nossos corações o amor por uma das maiores sagas cinematográficas de todos os tempos. E ele chega de uma maneira especial.

Não por seus efeitos visuais e coreografias de luta muito mais críveis do que em qualquer outro episódio da franquia. E nem por ser o início de um universo cinematográfico enriquecido por mais livros e filmes spin-offs, com cross de personagens em diversas plataformas.

Este novo filme é especial pois hoje em dia é ok ser nerd. É ok ser fã de Star Wars. Na real, é mais do que ok. Para alguns pode ser moda. Para outros, pode ser uma missa.

E nada mais justo, sabendo que isto se tornou uma religião. E nessa nova moda, os fãs mais antigos abraçam aqueles que chegaram há pouco e comemoram uma nova leva de histórias que nos carrega a muito tempo atrás, numa galáxia muito, muito distante. Um verdadeiro exemplo de fraternidade.

A nostalgia corre solta dos minutos iniciais até o final espetacular. Quem acompanha a história há anos vai chorar do começo ao fim, e se emocionar pelo reencontro com heróis, vilões e até mesmo espaço-naves. É, em muitas formas, uma homenagem a si mesmo.

Star Wars Despertar da Forca

Este novo episódio re-contextualiza o principal embate de Guerra nas Estrelas, que é a diferença de opinião entre gerações — levado aos extremos, simbolizado pelo limite entre o bem e o mau.

Vemos novamente um filho tentando seguir um caminho diferente do pai. Vemos novamente uma perda inestimável. Vemos novamente a gana pela justiça superar os limites humanos e combater pelo que parece certo.

Enquanto muitos se perguntavam sobre a necessidade de reiniciar uma franquia de sucesso, sabendo que a tentativa anterior falhou em diversos pontos, podemos dizer apenas que O Despertar da Força traz discussões que nunca foram tão relevantes.

Temos uma mulher, catadora de lixo, enfrentando seu destino ao lado de um soldado negro, que deserta de um exército facista por descordar de seu totalitarismo opressor, tendo sido recrutado quando criança. Juntos eles lutam contra um filhinho de papai mimado e rebelde. Seus pais são separados e, aparentemente, ele não sabe lidar com esta situação.

Esse seria um resumo da situação mais básica de Star Wars. Quer algo mais humano do que isso?

Ainda assim, é fato que a história age em diversas camadas. Nas mais emblemáticas estão paralelos com o exército nazista e com terroristas empenhados em destruir governos democráticos com base em crenças religiosas (o lado sombrio e o lado da luz). E por aí vai…

Ainda que levante tantos assuntos de peso, o melhor do filme é rever seus personagens principais tantos anos depois. É notar que o companheirismo de Chewbacca e Han Solo não mudou. É ver que por mais sucateada que a Millennium Falcon esteja, ela continua sendo a melhor das naves de combate. Que Leia, agora general, continua uma mulher forte e inspiradora.

E que tudo isso junto é suficiente para renovar uma franquia de quase quarenta anos, fazendo jovens, crianças e idosos vibrarem com os acordes triunfantes de um logo amarelo sob um céu escuro estrelado. É ter um milhão e novas perguntas, e saber que novas teorias estão surgindo.

Poder participar disso tudo outra vez é um privilégio.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER