Supernatural 8×04 — Bitten

– Eles disseram mais alguma coisa? — Michael
– Cara, eles apenas sentaram e falaram sobre como ficaram separados por um ano. Você provavelmente está certo sobre o ‘romance de escritório’…”- Brian

Em mais um episódio aleatório, tivemos muita coisa arrojada em Bitten. A história foi contada em flashback, filmada por câmeras amadoras — no estilo homemade — e trouxe os Winchesters em segundo plano, como coadjuvantes. Bomba? Por incrível que pareça, o resultado foi bem positivo.

Começamos com a chegada de Sam e Dean a uma cena de crime bastante sangrenta, ao som de What’s the Matter, de Milo Greene — trilha predominante do episódio, muito bem escolhida. Lá, os irmãos descobrem um notebook com um vídeo gravado, onde parece que tudo será explicado.

Assim, somos apresentados a três amigos: o casal Michael (Brandon W. Jones) e Kate (Britni Sheridan), e o nerd problemático Brian (Leigh Parker). Como em tantos filmes do gênero, já podemos advinhar o que vem a seguir. Ainda mais com as filmagens amadoras vindo em flashback de uma cena de crime. Mas isso não tira a tensão das cenas em que ela é necessária — como o ataque de Michael na floresta.

O caso da semana envolve lobisomens e assassinatos de estudantes num campus universitário. Quando um jovem é atacado próximo a casa de Brian, os amigos vão até lá filmar a cena do crime, e dão de cara com os Winchesters investigando o caso como agentes do FBI.

Depois disso, só voltamos a ver os irmãos quando algum dos três jovens os filma, tornando sua participação bem secundária e interessante. Afinal, se o ponto de vista fosse o normal, o caso seria bem habitual para os caçadores. O fato de ser filmado pelos amigos, intimamente envolvidos na história, deixou tudo melhor!

O que se seguiu foi o esperado, mas com um erro tosco do roteiro: depois de rever a cena do ataque a Michael, Brian ativa sua “visão além do alcance” e enxerga no meio do mato, à noite, o broche de seu professor. Como se não bastasse, ele volta até o local — também à noite — e acha o broche no meio do mato. Fala sério!

Ao descobrir que o professor é o lobisomem, Brian vai até ele e o chantageia, querendo ser mordido para se tornar especial. Isso acontece, depois os Winchesters acham o professor e o matam, e no fim rola a carnificina entre os amigos.

Além de todas as novidades, o fato de os irmãos deixarem Kate livre no final, sem persegui-la até a morte, foi bastante digno. Vez ou outra os Winchesters se apiedam de algum monstro, e dão uma segunda chance. Afinal os hunters são mocinhos!

O que achou de Bitten? Espera mais episódios como esse, ou não vê a hora de novos embates com Crowley e seus demônios? Deixe seu comentário!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER