Supernatural 9×01 — I Think I’m Gonna Like It Here

Olá, Sam. Estive esperando por você”. Morte

É nesse clima “acolhedor”, com um pé lá e outro cá, que damos a largada para o nono ano de Supernatural. Em uma season premiere marcada pelos fortes eventos do último cliffhanger, tivemos a habitual entrada de novos personagens — um, na verdade, já que Hael (April Young, The Vampire Diaries) mal foi introduzida na trama e já foi despachada por Castiel.

Estou falando do anjo Ezekiel (Tahmoh Penikett, Battlestar Galactica), descrito como um “bom soldado” por Cas, o único que atendeu às preces de Dean à “rádio celestial” — que continua funcionando entre os milhares de seres alados que agora vivem entre nós.

Você é um anjo”. Castiel
“Sou? O que é um anjo sem suas asas?”. Hael

I Think I'm Gonna Like it Here

Aliás, isso ainda não ficou muito bem delimitado: Castiel perdeu sua “graça” para Metatron no fim da temporada, se tornando humano sem nenhum poder angelical. Mas os anjos caídos continuam anjos em sua plenitude? Deu para perceber que algumas das habilidades permanecem, embora Ezekiel, por exemplo, estivesse fraco para conseguir salvar Sam como os anjos outrora faziam…

Falando em Sam, o episódio todo girou em torno de sua recuperação — que era esperada, afinal não dá pra matar um dos protagonistas na premiere. O que não deixou tudo menos interessante, pelo contrário: o embate entre os vários “eus” na mente de Sam, personificados por Dean (vontade de viver), Bobby (entrega à morte) e por ele mesmo (hesitante) foi bacana de ver.

Aparentemente, Ezekiel conseguiu salvar Sam sem maiores sequelas. Mas ficou o segredo de sua intervenção, mais um para a lista, que fatalmente vai desembocar em uma DR com crise entre os Winchesters…

Por fim, é preciso comentar a interpretação de Misha Collins, dando vida a um Castiel que tenta se adaptar às necessidades humanas (comer, beber, se ferir), mas que permanece sendo o Cas que conhecemos há cinco anos.

O que achou do retorno de Supernatural? Sentiu falta de Crowley, Abaddon, Kevin e as tramas infernais? Deixe seu comentário!

PS: Pontos para a trilha sonora, que “chegou chegando” no habitual The road so far ao som de Who Do You Love?, de George Thorogood & The Destroyers.

PS2: As três estrelas são para estabelecer um padrão inicial para as reviews, apesar de ter gostado bastante do episódio =)

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER