Suposições do Emmy: Melhor Atriz Coadjuvante em Drama

Esta é uma categoria que rende, afinal apesar dos poucos shows bons na TV, temos atores excelentes e daria para indicar muito mais do que uma coadjuvante por série… Portanto, é difícil numerar quem seriam as indicadas ao prêmio de melhor atriz coadjuvante de série de drama. Vamos ver se chegamos perto, mas só em setembro.

CCH Pounder, The Shield

Papel: Capitã Claudette Wyms
CCH não é apenas uma das mais intensas atrizes em trabalho na série The Shield, pode-se dizer que ela é assim se comparada as atrizes de outras séries também. Como a Capitã Claudette Wyms, particularmente no episódio final da série, ela peitou Vic Mackey e vários outros. Isso porque Claudette é uma mulher de peito, sem trocadilhos!

Rachel Griffiths, Brothers & Sisters

Papel: Sarah Whedon
Essa já é figura carimbada no Emmy… Não sei se você se lembra, mas Grifffiths já é conhecida de séries como Hilary and Jackie e Six Feet Under. Por esta última ela ganhou até o prêmio de melhor atriz. E isso já prova que ela é uma ótima atriz, afinal ela aparece nestas categorias de melhor atriz com certa frequência.

Chandra Wilson, Grey’s Anatomy

Papel: Miranda Bailey
Chandra Wilson é outra que sempre está no tapete vermelho quando começam as premiações. Também pudera, quem conseguiria fazer uma ‘Nazi’ tão bem e tão amada? Da lista de personagens que a gente ama odiar (neste caso muito mais ama do que odeia) ela pode facilmente ser a cabeça. Miranda Bailey foi tomada dos roteiristas por ela e hoje é marca. E não importa a maré que a série passe, seja boa ou seja ruim, Bailey está sempre extraordinária.

Elizabeth Mitchell, Lost

Papel: Juliet Burke
Nunca vi uma personagem em Lost que crescesse tanto como a de Mitchell, e Juliet obviamente não teria ganhado tanto espaço caso a loira não mandasse bem. Ela comçou do outro lado da força e mesmo assim tinha a simpatia de todos que assistiam a série… Todos davam crédito a misteriosa Juliet e, felizmente, ela provou ser digna deles. Nesta temporada então ela se superou e o drama da personagem comoveu… Não fosse Juliet, não teríamos aquele final…

Marcia Gay Harden, Damages

Papel: Claire Maddox
Damages trouxe poucas novidades e não agradou tanto quanto sua primeira temporada — eu posso dizer que curti bastante. Das poucas surpresas, Claire Maddox é com certeza um destaque. A personagem que começou como bitch se tornou mais uma peça chave no xadrez de Patty Hewes. Mas nem sempre foi Patty quem moveu as peças, Maddox era cauculista o suficiente para peitá-la… Até certo ponto.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER