Survivor: Kaôh Rōng 32×02 — Kindergarten Camp

Risadas e confusão marcaram Kindergarten Camp.

Eu não sei o que fazer.” — JENNY, Confusa.

Como não controlar as gargalhadas no segundo episódio de Survivor: Kaôh Rōng? Kindergarten Camp teve quatro protagonistas. Na verdade, três ou três e meio. Vamos dividir essa explicação em partes, ok?

No quesito piada da tribo, temos dois nomes. Debby continua se destacando como a tagarela-fodona-que-sabe-tudo e, ao mesmo tempo em que irrita seus companheiros, arranca risos deles. Peter deu a melhor explicação da vida sobre ela:

Da primeira vez que eu a vi, eu me perguntei: ‘ela tem 30 ou 40 gatos?’. Agora eu sei que a resposta provavelmente é 40 gatos.” — OBAMA, Peter.

Já na tribo dos belos, a cota da beleza interior Tai foi o responsável pelas gargalhadas naquela parte do Camboja. Primeiro que ele ainda tava doidinho pelo ídolo e acabou encontrando a pista. E encontrou o ídolo que estava trocentos metros acima da cabeça dele que, ao tentar escalar uma árvore, garantiu cenas de dor e sofrimento ao se machucar, mas também garantiu ótimas tiradas, tipo:

O Jeff realmente está me testando.” — TAI, Diva.

E também:

Como é que o Ozzy faz isso tão bem.” — TAI, Mito.

Além dessa odisseia, Tai nos presentou com o início do bromance entre ele e Caleb, com direito a conchinhas e a um quase beijo na boca, que assustou Caleb, mas fez com que todos gargalhassem. Como não amar essa pessoa esperta? Vai com fé, Tai, e pega ele por mim!

A prova de imunidade/recompensa teve vitória das beldades, seguido pelos crânios, que contavam com Debby como líder de torcida. Sério, eu não conseguiria me concentrar na prova com ela me motivando. Os fortões floparam mais uma vez e teriam que se encontrar com Jeff. Todo mundo lembra do conselho anterior, certo? Daí entram nossas duas protagonistas finais: Alecia e Jenny. Na verdade, Alecia é o meio que citei antes, e vocês vão entender o porquê.

Alecia se salvou, mas era óbvio que ela estava no final da cadeia alimentar. A fofa bem que tentou se mostrar mais útil na tribo, mas não foi o suficiente. Até a hora em que Jenny resolve entrar em ação. Jenny assim como eu estava bem incomodada com o comportamento de Jason. Ele é o típico machão que se acha superior e não perdia nenhuma oportunidade de sacanear Alecia. E foi isso que iniciou a criação de uma aliança feminina para eliminar Jason. Porém, a consciência de Jenny pesou e ela voltou atrás para não trair Scot.

Tudo estaria normal e Alecia seria a eliminada se Jenny não falasse demais. Suas palavras fizeram com que os homens de sua aliança original voltassem os olhos para ela. Cydney já não tava indo muito com a cara de Jenny mesmo por causa das mudanças em cima da hora, ou seja, já tava pegando abusinho da cara da fofa.

Kindergarten Camp

E o foco que seria de Alecia ficou nela por apenas alguns segundos e depois ficou todo em Jenny, que tentou jogar a culpa em Alecia sobre a criação de uma aliança feminina, mas ninguém comprou a ideia. Acho que isso não aconteceu porque acham que ela não tem capacidade disso e, infelizmente, parece ser verdade.

Jenny conseguiu em apenas um dia mudar o jogo três vezes. Tramou a eliminação de Jason, voltou a querer eliminar Alecia e conseguiu ser eliminada. Isso mostra que a indecisão é a pior coisa desse jogo e que realmente você não pode olhar pra trás na hora de fazer uma grande jogada. Eu gostava dela, mas ela pediu isso.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER