Survivor: Kaôh Rōng 32×10 — I’m not here to make good friends

O jogo virou em I’m not here to make good friends.

Eu estou pronta para lutar, mas essa é uma jogada grande e arriscada.” — AUBRY, Esperta.

Minha gente, ainda estou sem ar. Quando a gente pensa que nada pode acontecer, BAM! Tudo muda. Esse é o atrativo de Survivor, que te faz separar aquela pipoca esperta pra acompanhar o episódio da semana. I’m not here to make good friends é mais um caso das inesperadas emoções que nos deixam boquiabertos.

Vamos inverter um pouco os fatos para os comentários ficarem mais legais, ok? Vamos começar pelo desafio de recompensa. Acho que foi a primeira vez na história da série que três tipos de recompensa foram ofertados e os concorrentes disputavam separadamente pelo que queriam: comida, cartas ou vantagem no jogo. Os prêmios ficaram com Michele, que não tinha mais onde enfiar comida, Julia, que ganhou cartas numa disputa tão rápida que acabou numa piscada de olhos, e Tai, que ganhou a tão sonhada vantagem no jogo.

A imunidade dessa semana veio, novamente, com uma prova de resistência, onde as pontas dos dedos eram o apoio para se safar da eliminação. Em uma prova demorada, um a um foram saindo até que sobraram Aubry e Jason. Ele acabou vencendo a prova, mas Aubry merece créditos pela persistência e pela forma como lidou com a prova por mais de uma hora. O próprio Jason reconheceu isso logo após a prova e durante o conselho. Boa atitude a dele.

I'm not here to make good friends

Voltando ao início do episódio, todos lembram do show que os meninos deram no conselho tribal anterior, certo? Os efeitos do poder dos donos do super ídolo subiu um pouco a cabeça deles, tanto que Scot tentou convencer Aubry a entregar a cabeça de Cydney em troca dos instrumentos roubados no chilique dos machões. Posso com uma coisa dessas? Jason e Scot tinham certeza que tudo estava correndo a favor deles, mas eles não suspeitavam que Aubry estava tentando trazer Tai para seu lado.

Tai, que inicialmente era o alvo da aliança sem ídolos, acabou tendo os votos para ele divididos com Scot, em uma ideia de queimar os dois ídolos. Pra que isso desse certo, Aubry argumentou o que pôde com Tai em busca de salvar seu grupo por mais alguns dias. Falando em Tai, sua vantagem lhe garantiu um voto extra que pode ser utilizado quando ele quisesse. Ele não vai precisar roubar o voto de ninguém, como já aconteceu anteriormente. É só falar pro Jeff que quer usar a vantagem e voilà.

Enfim, chegamos no conselho. Como sempre, Jeff fez as perguntas tradicionais e sempre apareciam as habituais alfinetadas, principalmente do lado de Jason e Scot, orgulhosos de sua posição no jogo e blá blá blá. Após a votação, Jeff questionou se alguém usaria seu ídolo. O foco estava em Tai. De um lado, Julia dizia para ele usar, do outro estava Scot que pedia para ele não usar e ele não usou.

O resultado da votação? Scot levou quatro votos, seguido por Aubry com três. Para ele estava tudo bem, afinal de contas ele poderia usar seu super ídolo para se salvar e eliminar Aubry. Estaria tudo bem se Tai não tivesse decidido que não abriria mão de seu ídolo por Scot. FATALITY! Jason e Scot não esperavam por isso e o feitiço acabou virando contra o feiticeiro. Moral da história: lembre-se que em Survivor um dia você está no topo e no outro você está por baixo. Né Shirin?!

I'm not here to make good friends

I’m not here to make good friends deu crédito para duas pessoas. Primeiro para Tai, que conseguiu se colocar contra a sua aliança e fez seu próprio jogo. E segundo para Aubry, que a cada episódio vai abandonando o perfil de aleatória para se transformar na cabeça do jogo. Quem será que vai se destacar na próxima semana? Boa pergunta.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER