Teen Wolf 5×08 — Ouroboros

Teen Wolf voltou ao padrão?

Alguma coisa mudou, entre meus amigos e eu. Algo está diferente, e eu acho que é por minha causa. E eu não sei como mudar isso — MCCALL, Scott

Admito que gostei, mas tenho as minhas ressalvas.

O episódio anterior me deixou com um gosto amargo na boca, tanto que esse não fazia muita questão de assistir. Minha expectativa estava lá em baixo então qualquer coisa que viesse era lucro: fico feliz de não ter sido desapontada. Está longe de ser o melhor da temporada ou da série, mas tem seus méritos por mudar o tom.

Antes das minhas ressalvas vamos falar sobre o que realmente foi importante no episódio: tudo e nada. O episodio tinha foco: encontrar Liam e Hyden. Mas não era só isso. É daqueles episódios que não te saturam por ter mais do mesmo, ele te mostra um outro Teen Wolf, mais sério, preocupado.

Teen-Wolf-5X08-1k

Scott está determinado a encontrar Liam e Hyden e não vai medir esforços pra fazer isso acontecer. Scott andava meio apagado ultimamente, se limitava a frases de efeito nos episódios deixando os outros personagens trabalharem. Gostei. O personagem é a personificação do herói, ele sempre SEMPRE tem que salvar todos, e isso nunca se mostrou como um problema, pois ele nunca havia desmoronado. Ele parece cansado, exausto. Ele só vem tomando na cara, e o que antes era seu porto seguro, seu pack, está desmoronando.

E tem alguém se beneficiando com isso: Theo. Antes do inicio da temporada, eu tinha as minhas dúvidas a respeito do personagem já que ele entrou na trama para roubar o lugar do Scott se tornando o Alfa mas agora tudo ficou claro, ele percorre o mesmo caminho. É ele que encontra o Liam e Hyden, ele é herói do dia. Ele apoia, ajuda… tudo para ganhar sua confiança.

A parte boa e ruim desse episódio foi a Kira. Vocês sabem que entre eu e ela é 8 ou 80, ou eu a adoro ou a odeio, mas nesse episódio foi meio a meio. Gostei dela se lembrando dos Dread Doctors, e o que o 115 representava (não ficaram enrolando nesse 115, ainda bem, não preciso de mais teorias). Não gostei dela indo embora. Ficou meio “vamos criar mais um problema para Scott McCall, vamos mandar a sua namorada embora”. Eu gosto da mitologia da kitsune, mas eles não parecem saber o que fazer com isso, então mandando a personagem embora daria a ela um tempo para controlar seus poderes e voltar sacudindo sua espada e sendo bad-ass. Eles não parecem se importar muito com o desenvolvimento dela.

E o que falar da Lydia e da Malia? Estando ou não no episódio não fariam diferença. O único que se salva é Stiles. O personagem carrega toda a culpa pela morte do Donavan, mente pro pai, mente para o melhor amigo…. Toda vez que rola uma oportunidade eu falo sobre o quanto Dylan O’brien é um bom ator, mas dessa vez ele não fez nada de extraordinário.

O mimimi desse episódio foi Liam e Hyden. Os dois ficaram de mimimi, se tocando se olhando como se fossem apaixonados. O relacionamento dos dois não me desce, fica entalado na garganta e tem um gosto ruim.

Deixei o melhor para o final que foi, é claro, Desert Wolf x Deaton. O que foi aquilo? Alias, qual o problema dessa mulher? O que tua filha te fez? Ela chegou metendo bala e é assim que eu gosto.

PS: O Theo ganha de todo mundo no quesito falsidade

PS2: To aceitando critica construtiva 🙂

Até mais!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Será que a Elsa se assumiu lésbica cantando e ninguém percebeu?

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

Viajamos no verdadeiro trem do Harry Potter! Na vira real!!! Veja como foi a experiência neste vídeo.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER