The Blacklist 1×13 — №64: The Cyprus Agency

Eu odeio trabalhar com ele. Ele é perigoso, amoral. Ele patologicamente ostenta autoridade. Mas tudo isso, tudo o que conseguimos, nada disso não seria possível se não fosse por ele.” — COOPER, Harold

E Cooper está mais do que certo. Red é uma pessoa que se tornou fria e calculista devido aos acontecimentos do seu passado e do que teve que fazer para sobreviver. Mas não podemos negar que ele tem estilo (como o Dumbledore) está sendo extremamente útil para a agência, trazendo casos de assassinos e organizações que a polícia nunca nem saberia existir. Como o blacklister da semana, a agência de adoção Cyprus. A agência promovia a adoção de crianças do leste europeu que tinham grandes chances de serem extremamente talentosas, dotadas, excepcionais. Quando, na verdade, eles raptavam moças de universidades, as sedavam, as engravidavam via inseminação artificial, e geravam filhos nelas sem elas nem saberem, por estarem em coma induzido.

Como Liz disse, que timing do Red! Justo quando o plot dela e de Tom adotarem uma criança volta à tona, o próprio Red fala que, se ela tem alguma sombra de dúvida quanto à estabilidade do casamento dela e quanto ao seu marido, que não adote uma criança. E somente quando Liz entra mais a fundo na história do fundador da agência, é que percebe que há sim uma grande instabilidade. E o que que Tom faz? Ao invés de lidar com isso com a esposa, corre pra ruiva misteriosa com segundas intenções. Quem mais está louco pra saber qual é a dessa mulher?

E no fim, não era a Malik a espiã! A traidora era, claro, Diane, a chefona. E o Red não deixou por menos. A cena no fim do episódio, com aquela música, e a senhorinha vindo pra limpar a bagunça do Red… incrível. Ainda teremos um reconhecimento pra genialidade da atuação de James Spader, só esperem. É só o roteiro continuar assim: dando dicas, insinuando, deixando o grande mestre brilhar! E mais uma dúvida nos é apresentada: o que realmente houve com a família de Red? Será que é isso que ele procura há anos? A verdade?

The Blacklist 1x13

O que podemos perceber de The Blacklist é uma tendência dos casos ficarem mais próximos à vida dos agentes mas sempre criativos no sentido de que não é nada do que vemos na TV, e faz da série, com roteiros ótimos e atuações que valorizam esses textos, uma das melhores estreias. Além das tramas paralelas, dos segredos dos envolvidos e de uma provável conspiração dentro do FBI, o que é sempre garantia de traições, cenas ótimas e reviravoltas!

Semana que vem não temos episódio novo, pois The Blacklist volta dia 24/02! Até lá, deixem suas teorias dos pontos levantados até agora da série, façam suas maratonas, indiquem a série pra amigos e até lá!!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER