The Blacklist 3×09 — The Director

The Blacklist retorna com um ótimo episódio cheio de ação em The Director.

Estou contente que você tenha suas convicções. Eu só não quero morrer por causa delas.” KEEN, Elizabeth

The Blacklist conseguiu apresentar um ótimo episódio com bastante ação, reviravoltas e roteiro redondinho, retomando a história do exato ponto em que parou antes do hiato. Foram tantos acontecimentos que, assim como a Liz, ficamos sem fôlego.

Após ser capturada, Liz ficou nas mãos de Ressler. Mesmo com todos os protocolos para garantir sua segurança, é óbvio que o Cabal daria um jeito de colocar as mãos na agente Keen.

E foi aí que os princípios e convicções de seu antigo parceiro fizeram toda a diferença, para o bem ou para o mal. O que ele acredita (e, consequentemente, em quem ele confia) ditou boa parte dos acontecimentos desta semana.

No fundo, o que motiva Ressler é seu desejo de dar sentido à morte do pai. É por isso que ele é todo certinho e quer sempre seguir as regras, mesmo que isso complique a vida de quem é próximo a ele. Dá para entender, mas as atitudes dele, embora venham de um sentimento nobre, acabam transformando-o num completo idiota às vezes.

No caso da Laurel, ele realmente não tinha como adivinhar, mas com o nível de infiltração que a organização tem, era pra ele ficar mais esperto e confiar menos nos outros. E foi bem bonito ver que foi Tom, o cara que evita princípios a todo custo, quem deu força para ele seguir acreditando nos seus valores.

Quem acabou roubando a cena e salvou o dia, porém, foi nosso querido Aram! Seja trancando Liz na caixa de vidro para ela ficar segura, entregando o código para que ela não morresse ou reunindo toda sua coragem para tentar parar o Diretor, Aram provou toda sua lealdade.

Aquele final com Red na frente da sepultura vazia foi assustador por um momento, mas muito emocionante. E que show de atuação, tanto do James Spader como do Amir Arison.

Agora, só nos resta esperar a conclusão dessa história no próximo episódio. Liz sendo julgada e Red indo com tudo para acabar de vez com o Cabal. Aliás, por que será que ele precisa da Venezuela? E concluindo essa etapa, o que será da série no resto da temporada?

Outros pontos:

– Liz ficou bem passiva, mas ela realmente não tinha o que fazer. Só irritou um pouco como ela ficou falando para todo mundo que não os culpava por estar naquela situação. Claro, porque não era culpa de ninguém mesmo, e ainda estavam dispostos a se sacrificar por ela. Ela tinha mesmo que agradecer por essa gente toda.

– O momento mais vergonha alheia de todo o episódio foi quando Cooper e a mulher resolveram discutir a relação em meio a todo o caos que estava acontecendo. Ninguém se importa!

– Tom se tornou um dos personagens mais legais da série, além de proporcionar os momentos mais cômicos, como quando ofereceu feijões em lata para o Karakurt ou perguntou para o Ressler se ele chegou a frequentar a Academia do FBI.

– Aliás, seria lindo se surgisse um bromance verdadeiro da birra entre Ressler e Tom. Poderiam até dar um spinoff para os dois se envolvendo em confusões e aventuras com Karakurt a tiracolo.

– Quem sentiu falta daquela caixa em que o Red ficou preso na primeira temporada levanta a mão o/

– Agora que Ressler sacou que foi Laurel quem matou Raven Wright, deu ruim para ela.

– Por um lado seria ótimo se a agente Navabi voltasse para a Força Tarefa. Mas ela trabalhando com Red é tão mais legal.

– Quem nunca manteve um guarda-volumes em diversos estados com coisas úteis que vão de cocaína a pedaços nobres de carne?

– O código que Aram botou na caixa de vidro era Navabi. Tadinho, ainda está de coração partido.

– “Eu nunca vi duas pessoas mais desapontadas pelo país não estar sendo atacado”. Cynthia Panabaker já chegou arrasando.

– A encarada no melhor estilo UFC que o Dembe deu no Mr. Solomon deixaria até o mais malvado dos vilões com medo.

– Sensacional a trilha sonora deste episódio com The Kills e Ben Lee.

O que vocês acharam? Será que Liz consegue ser inocentada? Deixem nos comentários a teoria de vocês!

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER