The Following 1×09 — Love Hurts

Jamais esquecerei o que todos vocês fizeram por mim. Os sacrifícios que fizeram. Mas agora é a hora de vocês”. — Joe Carroll

O amor machuca.

Não importa de qual lado você está. Esta é uma verdade que deve ser aprendida muito cedo para evitar maiores problemas. Os males emocionais deixado por este sentimento podem ser devastadores em uma pessoa que não tem um bom controle mental. Uma desilusão amorosa consegue evoluir para patologias ainda mais difíceis de controlar.

Esse foi o foco principal do episódio “Love Hurts”. O nono capítulo de The Following começou com a ingrata missão de levantar a série derrubada por uma sequência duvidosa de decisões equivocadas, incluindo aqui grandes escapadas e idiotização da polícia. E ao abordar os desdobramentos de um amor mal resolvido, a série conseguiu recuperar, em partes, a sua credibilidade.

A segunda parte do romance proposto por Joe Carroll começou a ser escrita. O autor deseja que cada um de seus seguidores encontre a voz interior e crie seu próprio capítulo. O aprendiz da vez é a afobada Amanda. Desde o princípio ela deixa bem claro: quer uma história com final feliz. É compreensível que ela deseje isso, já que foi traída pelo marido e obrigada a matá-lo, juntamente com a amante.

The Following 1x09

Amanda é o tipo de personagem que costuma funcionar em séries do estilo de The Following. Com um ar insano, tresloucado, perigoso, traz para si toda a carga de loucura exigida pelos seguidores de uma seita. E, ao matar todas as mulheres que possuem o nome de Claire Matthews, consegue resultados apavorantes. A senhora morta com um arpão na cafeteria ou a jovem arremessada pela janela foram bons componentes.

Mas nada supera a perseguição no baile a fantasia, com Ryan atrás de Amanda em meio aos plásticos de um galpão abandonado. Digna das melhores sequências de Pânico. E em terror teen, Kevin Williamson é mestre. O fato da loira ter sido pega mostra que Amanda irá acrescentar um pouco mais à trama.

Jacob e Paul, sem dúvida, foram o grande casal de The Following. Ainda que não gays assumidos, desenvolveram laços afetivos muito fortes. O amor nascido entre ambos não poderia ter o seu ápice de maneira mais clichê e poética possível. Não era muito difícil prever o que iria acontecer quando Paul é mostrado em péssimas condições de saúde. A poesia surge no momento que este oferece a sua vida para que Jacob consiga, finalmente, matar alguém. Resta saber como ele ficará com Emma, a namorada que o abandonou.

De todos os personagens, Joe Carroll é o que apresenta um conceito mais deturpado de amor. Por mais que ele tenha resistido, inicialmente, às investidas de Emma, acabou cedendo aos encantos da babá. No entanto, age hipocritamente quando o assunto é Ryan e Claire. Toda sua vingança contra o agente é um mero capricho de corno, incapaz de aceitar que foi trocado. E, se este for o caso, deixa The Following um bocado simplista.

Kevin Bacon, mais uma vez, mostrou porque consegue ser o epicentro do seriado. Sua dor é explorada ao extremo e levanta questionamentos sérios sobre até onde um homem agüenta o sofrimento. A dose de honestidade ao dizer que ama Claire diante de uma situação tão estressante foi admirável. Sim, seu Ryan percebeu que amar fere. Que o amor castiga. E ele vai ter muito mais disso quando Carroll, finalmente, colocar as mãos na ex-mulher.

The Following apresentou um episódio correto, mas ainda não foi o suficiente para reafirmar a antiga confiança no taco de Kevin Williamson. Aguardem os próximos para ver se essa melhora foi momentânea ou para valer.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER