The Following 2×06 — Fly away

Não sou escritor. Nunca fui. Já é hora de parar de fingir ser algo que não sou” — CARROLL, Joe.

Em determinados momentos, algumas escolhas feitas começam a pesar mais que as outras. E isso acaba impulsionando a direções impensáveis em ocasiões mais tranquilas. Personalidades sustentadas por muito tempo desmoronam diante de uma realidade aterradora. É exatamente isso o que tem acontecido com diversos personagens de The Following e com a própria série.

Desde sua estreia, sabia-se que trama dos seguidores de Joe Carroll e do embate deste com Ryan Hardy não duraria muito tempo. A primeira temporada se encerrou de maneira satisfatória e ficava o receio se a segunda não repetiria a temática da primeira só que com outras maneiras. E é gratificante perceber que esse não foi o caminho escolhido.

O mito Joe Carroll não é mais tão absoluto e inquestionável. Ele tem fraquezas, pode ser manipulado, está frágil. O interesse por Lily apenas revelou todas as pequenas rachaduras que podem comprometer toda a superfície. E por mais que essa mulher tente renová-lo, Joe acaba voltando para o que conhece e Emma é a melhor opção.

The Following 2x06

O que Lily não compreender é que Joe Carroll se acha um artista, se acha importante demais. Ainda que ele reconheça suas fraquezas literárias, acha que não pode ser domado, é egoísta e tem um conceito estranho de si mesmo. Óbvio que essa relação não duraria muito tempo. O triste é ver como terminou. Mas nunca subestime uma mulher ferida. Ela é capaz das maiores atrocidades para vingar-se. E Joe pode esperar uma inimiga a altura.

O grande problema de Lily, além de confiar em um homem que achava que conhecia, foi não saber criar um bom grupo de apoio como Carroll foi capaz. Mark e Luke são duas forças indomáveis e incontroláveis, agindo por impulso, por instinto. Tudo o que aconteceu a eles foi fruto de suas próprias atitudes. E exatamente por esse comportamento, Lily termina quase sem nenhum apoiador, exceto um dos gêmeos.

Mike Weston também sofreu muito com os últimos acontecimentos. A ingenuidade se perdeu em meio a tanto sangue e uma força selvagem e brutal tem dado as caras. Ele flerta demais com o outro lado da força em uma metamorfose maligna. E não seria de se espantar ver surgir nele uma criatura ainda mais violenta, tal qual Carroll. E é nisso que a série poderá alcançar ser brilhantismo.

Finalmente, Ryan se encontrou frente a frente com Joe. Era a confirmação que faltava para o ex-policial que nunca acreditou na morte de Joe. E, por mais que os dois não vão se atracar, é impossível não enxergar as faíscas que saem sempre que eles se encontram.

Mendez é muito segura ao afirmar que não há seguidores infiltrados de Carroll no FBI. Acontece que ela dorme com o inimigo e já se sabe que Jana atua como uma fiel amiga de Joe. E não é porque Mendez colocou o FBI nos eixos, sem lambanças e conseguindo resultados, que descarta-se a hipótese de ela fazer parte da seita.

Ponto fraco do episódio foi a troca dos reféns sobre a ponte. A cena toda foi completamente mal orquestrada, não resultou em tensão alguma e ainda provocou um considerável constrangimento. Nada que afete o episódio.

Fly away pode não ter sido um dos melhores da temporada, mas ofereceu ótimas perspectivas a respeito dos personagens, lançando matizes interessantes sobre cada um deles.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER