The Good Wife 7×10 — KRS

Em KRS temos um episódio sólido e com uma reviravolta, no mínimo, revoltante.

Saia, agora.” FLORRICK, Alicia

Quando você acha que tudo está encaminhando para uma trama específica, The Good Wife vira o jogo, retoma um fato que aconteceu na segunda temporada e te deixa de queixo caído.

Mas antes de falar disso vamos ao caso do dia. Muito pertinente à realidade. Você pode ser condenado pelo simples fato de pensar em cometer um crime? Se você escreve um diário pessoal e nele descreve como gostaria de matar seu chefe, isso conta como crime? Difícil, não?

Com a internet tudo ficou muito confuso, é a tal da “terra sem dono”. Um médico é pego em flagrante depois de postar as formas como ele iria abusar da mãe de um paciente. Ele é um cirurgião pediátrico e nas horas vagas sonha em sodomizar mulheres. Estranho, mas muito coerente com o que acontece nos dias de hoje.

Alicia e Lucca têm a difícil tarefa de defender o médico e tentar sobreviver aos ataques pessoais do Juiz (aquele que não pegou a propina porque o Eli dedurou o esquema). Muito das discussões ficam no plano da suposição. Não existem provas concretas que ele iria efetivamente cometer o crime (o que não deixa de ser um absurdo, convenhamos) e a briga entre os advogados fica sem sentido.

Alicia tenta explicar para Don que ela não teve nada a ver com a propina e para ele não levar para o lado pessoal. E não é que o plano, sem querer, dá certo. O júri culpa o médico, mas Don o exime. Peso na consciência? Match, set, Alicia.

Até que enfim uma história legal na firma mais chata do mundo das series. Cary, Diane e seus sócios são enganados pelos fieis (e bem educados, e brancos) estagiários. O grupinho de oito marmanjos pede demissão, deixa um caso importantíssimo na mão e correm para Canning (sempre ele).

Só que né amigos, Cary inventou esse jogo. Era óbvio que ele iria virar o jogo. Monica é recontratada (até que enfim) e Cary e Diane deram o hi-five mais lindo. Match, set, Cary.

E não é que Eli tem um coração? Ele acaba de ser destruído, mas nunca pensei em ver esse lado sensível dele. Uma pena não ter dado certo com Courtney, mas ela é casada com o trabalho. Assim como ele. Só que dessa vez ele acusou o golpe.

E foi justo nesse momento que Eli se deu conta das barbaridades que cometeu no passado em prol do trabalho. Será que valeu a pena? Hoje ele muda de ideia e ter contado para Alicia que ele apagou a mensagem de Will foi um golpe baixo para ela e para nós. Saudades, Will!

Mas o pior mesmo foi saber que Jason saiu. Ruth, sua lazarenta, deixa a menina se divertir.

The Good Wife se despede com um episódio consistente. Fico encantada na inteligência que eles usam a câmera. A cena dos telefones e a forma como a câmera se aproximou de Eli no momento da confissão demostram todo o carinho e respeito que os produtores, os diretores, os roteiristas e os atores têm com a série.

Segura a emoção porque agora só em janeiro. Até lá!

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER