The Good Wife 7×11 — Iowa

Em Iowa não há espaço para erros. Peter e Eli aprendem a lição da pior forma possível.

Peter nunca foi o número um. Foi sempre ela.GOLD, Eli

Existe um lugar muito tenebroso na vida. Um lugar chamado “se”, um meio termo entre o inferno e o céu, mas de certa forma pior que o limbo. Nessa terra habitam questões sufocantes e cheias de artimanhas. Hoje, The Good Wife trouxe à tona o pior desse momento e colocou Alicia no olho do furacão.

E se Alicia tivesse atendido o telefone? E se tivesse dito sim há mil anos atrás na sala de aula? E se não tivesse se divorciado? São inúmeras questões que agora não fazem sentido porque já se passaram. Só que nessa situação específica, Alicia foi privada de toda informação. Tiraram dela dados cruciais para uma tomada de decisão. E isso, querido Eli, ela não perdoará jamais.

Iowa começa de onde paramos. Tem que ter muito sangue frio para não voar no pescoço da pessoa. Eli saiu ganhando com os pratos. O mínimo era se retirar o mais rápido possível.

E o que fazer quando o seu mundo foi virado de ponta cabeça e você precisa entrar dentro de um ônibus para Iowa? Óculos escuro, música até o talo e cara de desprezo.

A campanha de Peter em Iowa foi um desastre. Essa coisa de ter que ganhar no estado para poder se candidatar é uma loucura. Não é a toa que os americanos prezam tanto a democracia. Ela é feita pelo povo. Ponto.

Fazer a família toda percorrer 4 cidades em um dia é insano, com os números de Peter então… Era uma campanha fadada ao fracasso desde o início. O repórter que não sabia o que estava fazendo dentro do ônibus, o único fã de Peter, um maluco vestido com roupas estranhas e cantando um rap em homenagem ao candidato, foi o começo do fim.

Mas o que matou completamente qualquer chance de vitória foi a falta de noção de Peter. Não dá. Ele é o tipo de homem que foi educado a achar que é muito bom no que faz sempre. O mais lindo, o mais competente, um mimado. Eli, que não é tonto, já sacou isso desde a primeira vez. Ruth pecou pela soberba e não enxergou Alicia.

Florrick em quarto lugar. Campanha encerrada e de volta a velha e boa vida de Governador. Será que Eli vai conseguir convencer Alicia a se candidatar também? Uma hora esse atrito entre eles acaba, e os dois voltam com a amizade e Alicia dominando o mundo.

Nos escritórios da firma mais azarada de Chicago, Alicia e Cary, sofrem outro golpe. Monica (a estagiária preterida por homens brancos ) reclamou do fato em uma instituição que cuida desse tipo de preconceito em empresas. E o que aconteceu? Sim, mais um processo em vista.

Só que Cary foi muito mais esperto e salvou todo mundo. Um pequeno deslize de Howard e de David foi o suficiente para retirar Howard do quadro de votação da firma e finalmente colocar a firma para frente.

David vai ter que sambar muito para não sofrer retaliação.

The Good Wife inicia a segunda parte com um episódio forte. Agora que Alicia não tem mais responsabilidade nenhuma para com o ex marido, será que ela cai nos braços de Jason?

E você? Curtiu o episódio? Dê uma nota ao episódio.

[taq_review]

E não deixe de assistir a promo do próximo!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER