The Handmaid’s Tale: O que sabemos sobre a 2ª temporada

Novos personagens e ambientes de Gilead são algumas das novidades de The Handmaid’s Tale, que retorna em abril.

Depois da premiada primeira temporada, The Handmaid’s Tale retorna neste ano ainda mais sombria. Faltando pouco menos de um mês para o retorno, a rede Hulu já começou a divulgação com trailers que mostram como os novos episódios vão expandir a trama criada por Margaret Atwood.

A trama central vai mostrar os desdobramentos da gravidez de Offred e sua luta para libertar seu futuro filho da distopia e dos horrores de Gilead, e por consequência a maternidade será uma peça central nos episódios deste ano, além de mostrar como Moira e Luke estão vivendo no Canadá – esperamos ansiosamente pelo reencontro com June / Offred. Uma resistência ao totalitarismo vai surgir, e trará uma violência total.

Com 13 episódios (três a mais que o ano passado), a nova temporada tem estreia marcada para o dia 25 de abril. Confira aqui outros detalhes que já foram divulgados da segunda temporada de The Handmaid’s Tale. 

Novos personagens

Com a expansão do universo da série, novos componentes serão adicionados à história. Bradley Whitford, de Corra! e The Post, foi escalado como o comandante Joseph Lawrence, o arquiteto da economia de Gilead, descrito como rude e intimidador, que ao mesmo tempo que tem uma mente brilhante, tem um temperamento insano. A atriz Sydney Sweeney também se junta ao elenco como uma garota de 15 anos que quer ser a esposa de um comandante.

Entre os convidados especiais estarão Marisa Tomei, Clea Duvall (interpretando a esposa de Ofglen), e Cherry Jones (vivendo a mãe de Offred). Como anunciado no final da primeira temporada, Alexis Bledel, a Ofglen, retorna nesta temporada como regular (e estamos curiosos para saber o que aconteceu com ela).

Desbravando Gilead

Outra consequência da expansão de The Handmaid’s Tale é que veremos mais territórios de Gilead, incluindo as proibidas Colônias. Nesta região contaminada por lixo radioativo e poluição, são sentenciados aqueles que vão contra os preceitos da república. Bruce Miller, criador da série, promete um design único e impressionante para o lugar, dando uma impressão impactante do lugar para onde ninguém quer ser enviado. Além disso, terá um papel importante nos novos episódios.

A diversidade em alta

A primeira temporada de The Handmaid’s Tale levantou questões importantes, e as discussões sobre diversidade sexual e racial foram ainda mais fortes com o impacto da série. Mesmo assim, os produtores acreditam que podem fazer ainda melhor, e prometem para o novo ano ainda mais material para fomentar as discussões.

Tia Lydia é uma das prioridades

Uma das sensações do primeiro ano foi a Tia Lydia e seu “cuidado” com as aias, e veremos ainda mais da personagem de Ann Dowd. Além de saber como funciona o cargo de “tia” dentro da hierarquia de Gilead e a relação com as  Marthas, saberemos como Lydia foi parar no meio desse sistema e como era sua vida antes se tornar uma peça chave na rede da República.

A ascensão da Mayday

A resistência Mayday está vindo para se opor a Gilead e todo o seus sistema. Offred confiou a Rita uma mensagem para o grupo, mas há um risco em confiar totalmente neste levante. O objetivo da Mayday é derrubar o totalitarismo e todos os seus elementos, e isso pode apresentar um risco para as aias, que são parte (mesmo que a contragosto) do que essencialmente é esta república.

Representatividade importa

Reed Morano foi essencial para determinar o estilo dos três primeiros episódios de The Handmaid’s Tale, mas este ano a série não vai contar com a diretora, que se prepara para divulgar o drama I Think We’re Alone Now, que estreou em janeiro no Festival Sundance. Bruce Miller já adiantou, no entanto, que pelo menos metade da temporada será comandada por mulheres. Margaret Atwood também continua na produção, mesmo que os novos episódios estejam fora da narrativa do seu livro.

Eita que promete arrepiar! Com uma trama ainda mais densa, não vai ter para ninguém na temporada de premiações: The Handmaid’s Tale continuará chocando e levando tudo para casa! Deixe nos comentários quais são suas expectativas para os novos episódios.

Sobre o Autor

Leo Sousa

Séries de TV, filmes, realities shows, livros, música e mais. Editor no boxpop.com.br.

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!