The Mentalist 5×05 — Red Dawn

Taí. Algo que eu sempre me perguntei durante essas cinco temporadas de The Mentalist e, provavelmente, muita gente também já se questionou sobre isso: como começou o trabalho de Patrick Jane na CBI? Como ele conheceu Teresa Lisbon e como permitiram que ele se tornasse consultor na California Bureau Investigation?

Claro que nós sabemos que o principal motivo que o mantém na equipe é sua busca por Red John e o seu desejo de vingança contra aquele que matou sua família. Mas nunca havia sido mostrado como ele chegou lá, como tudo começou. E para matar a curiosidade dos telespectadores, principalmente dos fãs da série, foi escolhido o centésimo episódio de The Mentalist para acompanharmos o início de tudo. É minha gente, nós já assistimos 100 episódios.

Para nos levar de volta no tempo, quase tudo foi mudado. Digo quase tudo porque Cho sempre foi o mesmo, sério, sem expressões — mas mesmo assim, o meu segundo personagem preferido depois de Jane. Lisbon com o cabelo mais curto, com um ar de mais jovem, e Rigsby de cavanhaque e jaqueta, bem garotão.

Sem contar que não havia Van Pelt ainda — na época, apenas uma estagiária candidata a entrar na CBI. No lugar dela, um outro agente, chamado Stephen Hannigan — um personagem meio clichê, que ainda bem foi descartado. Ainda em relação aos detalhes da volta no tempo, achei bem engraçado o pôster de Arnold Schwarzenegger, então governador da Califórnia, colado no escritório da CBI. Ponto para a inteligência dos produtores — mais uma vez.

Porém, as mudanças mais claras são, obviamente, em Patrick Jane. Se hoje ainda é perceptível a mágoa pela morte da família, imagina anos atrás, quando ainda era recente? Após ser liberado de um manicômio — o que ficamos sabendo bem para o fim do episódio, em mais uma discupa CBI x FBI — ele chega desolado ao escritório de Lisbon buscando acesso aos arquivos de Red John. Claro, com o objetivo de vingança já traçado.

E até que o mentalista conseguiu fácil ver os arquivos. Apesar dos obstáculos iniciais e da relutância de Lisbon, com seu jeito charlatão e toda sua sagacidade, Jane consegue fazer o diretor da CBI ficar ao seu favor. E é ele mesmo, Virgil Minelli, que o contrata. Mas depois de todo um caso de assassinato que, brilhantemente, Jane conseguiu resolver sozinho — para surpresa de todos.

Red Dawn foi um episódio atípico, assim como o anterior, Blood Feud, mais focado em Rigsby. Porém, nada é por acaso. A intenção não era só mostrar como Jane conheceu a equipe da CBI. Era deixar também um pista do que virá no futuro. Afinal, não foi nenhuma coincidência a chefe do FBI aparecer e perdir um favor a Minelli. Seria ela traidora e cúmplice de Red John? Vamos continuar analisando.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER