The Mentalist 6×19 — Brown Eyed Girls

Ele conseguiu uma promoção, é um cargo em Washington, D.C., e ele me pediu para eu ir com ele, para ficarmos juntos. Em Washington. Estou pensando a respeito — LISBON, Teresa

Humm… Eu digo… Parabéns, eu acho — JANE, Patrick

Parabéns? É tudo o que vai dizer? Você não está chateado? — LISBON, Teresa.”

Agora tudo faz sentido. Enfim, The Mentalist volta a empolgar verdadeiramente. O que todos os fãs mais antigos esperavam finalmente aconteceu: ganhamos uma trama mais decente (e espero que ela fique até o final dessa temporada, e não apenas até o próximo episódio). Além disso, as escolhas feitas para a nova ambientação da série, após a finalização da história de Red John, ganharam um forte contexto após esse Brown Eyed Girls. Mudar para o Texas, por exemplo, fez todo sentido, já que o estado americano abriu um leque de novas histórias ligadas a sua localização que não poderiam ser contadas na Califórnia.

O triste aqui é The Mentalist não ter apresentado tudo isso mais cedo. Se esse plot logo fosse “emendado” ao novo começo que Patrick Jane teve após conseguir a sua vingança, as chances da série ter agradado mais o seu público seriam infinitamente maiores, além disso, ela poderia conseguir reter uma maior parte de telespectadores. Tranquilamente, seria possível dissolver essa história do tráfico de mulheres durante meia temporada. Só o episódio 19 rendia dois, pelo menos. Isso sem contar que o esquema anterior, adotado na época do Red John, também poderia ser utilizado, ou seja, nem todos os episódios precisariam ser focados, totalmente ou não, nessa trama.

Infelizmente, os roteiristas pecaram nesse aspecto. Porém, a introdução desse novo plot chega em boa hora para quem esperou até aqui. Se por um lado, a série corre o risco de cancelamento, por outro, os escritores enfim mostram um sinal de esperança. Antes, simplesmente parecia que até eles já haviam jogado a toalha, esse era o problema — que parece ter sido corrigido tardiamente. Além disso, nos últimos dias os rumores de que a Warner levará a série para outro canal aumentaram exponencialmente, caso a CBS não queira continuar com a atração que um dia fora sua galinha dos ovos de ouro. A escolha mais provável, por enquanto, segundo esses rumores, é a TNT, que faz parte do grupo Turner e já exibe episódios antigos da série por lá.

The Mentalist 6x19

Eu, como fã antigo de The Mentalist, como disse na abertura, voltei a ficar empolgado com a série nesse episódio. Muitas coisas acontecerem, pois além da introdução dessa nova trama, tivemos mais desenvolvimento do lado Jisbon da série.

Aliás, o episódio começa justamente com o que parece ser uma crise de ciúmes de Jane (quem não estava pensando o mesmo que a Lisbon ali, ou que Jane iria dar com a cara no chão?). Porém, mais uma vez, nosso protagonista estava certo. Ele encontrou uma vítima do tráfico de mulheres por um acaso, e ela morreu em seus braços, numa cena muito bem feita, que causou um impacto bem grande, complementada com a abertura com uma trilha sonora diferente do costume, indicando luto. Como disse, a história contada nesse episódio poderia ser diluída tranquilamente em pelo menos mais um. Talvez, a ideia dos roteiristas tenha sido justamente brincar com isso: será que há uma nova trama surgindo? Será que tudo vai ser contado nesse episódio? É um novo vilão que veio para ficar?

Tenho, também, que comentar o fato de os roteiristas terem feito tudo diferente dessa vez. Eles, por exemplo, já mostraram quem é o vilão. E ele não é um assassino em série. Então, adeus Red John ou alguma mera coincidência com ele. Entretanto, a trama, muito provavelmente, acabará ainda nessa temporada, justamente pelo risco do cancelamento. Eu só espero, como disse, que não acabe já no próximo episódio. Seria um desperdício.

Falando da relação Lisbon-Jane-Pike, quem diria que Abbott viraria conselheiro amoroso? Graças a ele, tivemos a primeira conversa de Jane e Lisbon a respeito da possível mudança dela para Washington. Robin Tunney está mandando muito bem na atuação. Semana passada, falei como parecia que faltava alguma coisa, e essa semana a personagem explicou isso: ela sempre foi muito independente, então, uma decisão como essa pesa demais, mesmo ela querendo dizer sim. E, vamos combinar, ainda tem a questão do Jane que, mesmo não sendo vista do lado romântico, pode ser tratada puramente pelo lado da amizade. Já é uma parceria longínqua, a desses dois.

Após os acontecimentos desse episódio, as chances de Lisbon ir embora ficaram consideravelmente maiores, mas, com certeza, ainda teremos uma reviravolta aí. Agora, é esperar para ver se The Mentalist realmente engatou uma história sólida para seu final de temporada (e, quem sabe, da própria série) ou se no próximo episódio toda essa empolgação que tive irá por água abaixo. O que você acha?

Confira o promo do próximo episódio:

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER