The Michael J. Fox Show: o imperdível e divertido retorno de um ícone

Imagine ser um ator do alto escalão, no auge de sua carreira e receber, aos 29 anos de idade, o diagnóstico que mudará sua vida: ser portador do Mal de Parkinson, uma doença obscura e sem cura descoberta. O portador de Parkinson é acometido, entre outros sintomas, por tremores musculares incontroláveis, passa a ter dificuldades na fala e perde aos poucos a capacidade de demonstrar emoções através de expressões faciais. Uma sentença de morte para um ator, não é mesmo? Mas não para Michael J. Fox, o queridinho da América.

Quando foi primeiramente diagnosticado, o ator tinha 10 anos de carreira e havia acabado de finalizar a trilogia De Volta Para o Futuro, seu maior sucesso. Ele só revelou ao público sua condição quando essa atingiu um nível difícil de esconder, 8 anos mais tarde, quando era o astro da série Spin City. Não bastassem as dificuldades do Parkinson, saber que tinha a doença e que ela poderia lhe tirar tudo fez com com que Fox voltasse para o vício de álcool. Nos últimos 15 anos, ele se reergueu aos poucos e fez algumas participações na TV e no cinema, além de ser um importante ativista incentivando pesquisas e melhoria das condições de vida para portadores de Parkinson.

The Michael J. Fox Show - Season Pilot

Agora ele faz o seu retorno triunfal a um papel principal. The Michael J. Fox Show é uma das estreias mais interessantes de 2013. Basicamente, Fox faz piada de sua condição — e nos diz que é ok rir de algumas situações, sem que isso seja politicamente incorreto. O piloto é agradável, com bons momentos e boas risadas (mas tenho que contar para vocês que as melhores tiradas estão no promo).

O ator, que é também produtor da sitcom, entrega uma interpretação no ponto certo. Apesar das limitações que a doença lhe impõe, Fox tem um timing perfeito para comédia. É muito cedo para dizer (eu só assisti a dois episódios), mas eu não me surpreenderia se no Emmy do ano que vem o víssemos recebendo indicações e até uma estatueta. O mundo do entretenimento adora uma história de superação — e essa rende boas risadas.

Mike Henry é um jornalista queridíssimo, que está afastado da TV há 5 anos devido ao Parkinson. Mas o país continua amando-o e torcendo para ele. Em sua casa, ele está deixando sua família louca, afinal, é tudo o que sobrou para ele — e também um livro que ele pretende escrever. A família funciona com uma dinâmica muito verdadeira. Sem espaço para sentir pena do pai, cada um tem uma personalidade bem definida: o filho mais velho que largou a faculdade para tentar ser um milionário da internet e que é super fã do Adam Levine; a filha do meio, adolescente esperta, mas com as características da idade; o filho caçula, que tem a mania de não fazer as refeições à mesa; a esposa compreensiva e prática. O show foge da fórmula casal + 3 filhos, acrescentando à família a irmã solteira de Mike, aquele tipo de personagem coadjuvante que rouba a cena.

Algumas situações são sutis (como quando a esposa fica feliz de saber que ele não tomou o remédio que controla os espasmos, o que proporciona um sexo com um quê a mais) e outras engraçadíssimas (quando a mesma esposa o repreende por querer uma vitória pessoal, servindo comida devagar à família que está faminta).

O piloto gira em torno de um homem que é obrigado a sair do jogo para lidar com uma doença estúpida (como define a filha) e do convite que Mike recebe para voltar ao trabalho — com direito até a clipe em câmera lenta, como se ele tivesse morrido ou sido chutado pra fora do American Idol. Nem todas as piadas são sobre Parkinson e, imagino, chegará o momento em que esta será quase uma comédia sobre uma família como qualquer outra. Claro que a abordagem inclusiva é um trunfo que não pode ser desperdiçado, mas quanto tempo podem durar as piadas sobre o assunto? Esse é o grande desafio da produção.

Mas The Michael J. Fox Show já está na minha lista de séries!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER