The Originals 2×20/21 — City Beneath the Sea/Fire With Fire

Quando a megalomania de Klaus faz bem a The Originals mais que nunca.

Ei, Papai está aqui. Tudo vai ficar bem. Eu prometo” MIKAELSON para Hope, Klaus.

É samba atrás de samba em The Originals. Eu já não sei mais pra onde vai meu queixo, já que ele terminou cada episódio mais caído que o anterior. Esse plano de Klaus (o maior de todos até agora) é a prova de que os roteiristas não vão se cansar de colocar a mente maquiavélica do personagem pra funcionar e decidir toda a temporada nos últimos episódios. Assim como foi lá na primeira temporada, e ele teve um gatilho para a ideia de fingir a morte de Hope e entregá-la a Rebekah; a morte de Aiden e a percepção de que ninguém acreditaria nele, no último episódio, foi o gatilho dessa vez.

Aproveitando o gancho para falar de Aiden (e Josh) uma última vez, foi linda aquela cena muda da despedida dos dois e a última frase do Josh sobre a eternidade. Se eu fosse um pouco mais emotivo, certamente choraria. E parece que os roteiristas lembraram que o lobo defunto tinha um irmão né? Porque mesmo sem ter sido citado ele estava ali na cena do funeral. Continuidade mil. Gosto assim, The Originals.

Voltando ao hibrido original, aka gênio do egoísmo, não sei como ainda tiveram pessoas que acreditaram que Nik tinha mesmo virado o bichinho de estimação de titia Dahlia. Depois de vinte episódios fazendo de tudo pra livrar a filha de ter a magia ligada à irmã da sua mãe, obviamente que ele não entregaria a filha assim de bandeja. Por favor né.

the originals 2x20/21

Hope é a coisa mais importante pra Klaus. Então nada mais compreensível que ele fizesse tudo o que estivesse ao seu alcance para não perder a filha, qualquer que fosse o jeito. Nem que isso inclua se aliar a sua inimiga, matar parte do clã dos vampiros, se vingar da punhalada de Elijah no peito, ameaçar a vida mortal de Rebekah e fazer toda a matilha de Hayley ficar presa na sua forma de lobo.

Menino Klaus muitíssimo esperto conseguiu enganar a galera toda, e merece uma salva de palmas por isso. Quem também merece uma salva de palmas é Davina que acredita mesmo no discurso de que derrotou os Mikaelson que ficou propagando para os bruxos de todos os clãs que não queriam que ela fosse o link direto com os ancestrais. Mas a hipocrisia é tanta, amiguinhos, que ela tá fazendo tudo isso pra poder conseguir trazer Kol de volta. E aí veremos Nate Buzzolic na próxima temporada (que mudou para a quinta, numa dobradinha com a série-mãe).

Ainda não sei porque os roteiristas estão insistindo em acordar o romance de Klaus e Cami a essa altura do campeonato, nos 45 do segundo tempo. Todos os fãs sabem que a moça só se envolve com os Mikaelson por causa do hibrido loiro badass com sotaque britânico sedutor, e que no fundo ele projeta o que não achou em Caroline nela. Mas, por favor né. Final de temporada a gente tem muito mais a fazer do que desviar o foco de Klaus da guerra que está sendo travada.

Parece que além de nos despedirmos de Gia, também vamos ter que nos despedir de Maisie Richardson-Sellers porque já que Rebekah se automutilou na jugular, vai pular de volta pro corpinho loiro e australiano de Claire Holt. Espero que essa ação tenha sido bastante pensada pelos roteiristas, produtores e até pela própria Claire, porque só nós que sabemos o tamanho do buraco de trama que fica The Originals sem a moça. Mesmo que agora tenha Freya para equilibrar. Mas não é a mesma coisa.

Falando em Freya, parece que ela não é tão boazinha e vítima quanto se pensava, hein Elijah? Quero mais é ver ela se descontrolar e o circo pegar fogo e se desfazer em chamas essa e na próxima temporada, ou seja lá quando ela for acordada.

A construção impecável desse fim de temporada só nos faz saber de uma coisa: a corrida em The Originals agora é para matar a titia. Mas pra isso precisaria do sangue da mamãe. O que ninguém sabe é que Esther tá morta e virou várias borboletas. Qual vai ser a saída encontrada para matar Dahlia? A gente vê no próximo episódio. Até lá!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER