The Strain 2×11 — Dead end

Com direito a flashback de Eichorst, Dead end é o melhor episódio da temporada de The Strain.

Acho que você é péssimo em vender rádios, Tommy, porque está destinado a coisa maiores” — RICHTLER, Helga.

Thomas Eichorst é um dos personagens mais interessantes de The Strain. Até o momento, ele estava sendo subaproveitado nessa segunda temporada. O que é uma grande pena. Sorte que a série reviu isso antes de encerrar e apresentou um elucidativo flashback sobre Eichorst e, de quebra, entregou seu melhor episódio até aqui.

Que Eichorst era um nazista sádico, isso não é novidade para quem acompanha a série. A novidade está por conta dos motivos que o levaram a isso. E quem diria que o gélido alemão assistente do Mestre se tornou frio devido a uma grande decepção amorosa provocada por seus próprios comentários antissemitas?

Desde o desajeitado vendedor de rádios, passando por seu encantamento por Helga, sua vingança tardia contra a judia até chegar à bizarra tentativa de estupro contra Deutch. Eichorst é desprezível e sádico. Pode-se esperar o pior dessa criatura nauseante. E a série foi muito feliz em colocá-lo como centro.

The Strain 2x11

Toda a sequência envolvendo a quase concretização do sexo mais burlesco das séries passando pela perseguição claustrofóbica e culminando em toda a agressão contra Deutch engrandeceu muito os dois personagens. Quem reclamava que Deutch quase não tinha função na trama se viu torcendo pela loira e vibrou quando ela encontrou refúgio nos braços de Fet.

Quando se acompanha toda a construção cênica, pergunta-se porque The Strain não consegue cometer mais acertos que erros. Competência o pessoal por ali provou que tem. Basta usar para entregar episódios tão angustiantes e tensos como este Dead end.

Abraham Setrakian também teve sua participação no episódio ao descobrir que foi golpeado pelo outro garoto de orelha queimada. Parece que o Lumen não vai sair de cena tão rapidamente como julgado e ainda vai dar um pouco de dor de cabeça para os que precisam dele a fim de derrotarem o mestre.

Agora, desnecessário mesmo foi o espaço dedicado à Gus e companhia. Para sorte do espectador, o interesse romântico dele foi logo descartado e agora ele poderá tornar-se um soldado a comando de Quinlan. O ponto baixo ficou pelo fato do Anjo de Prata continuar por ali. Tá na hora de dar uma função a ele ou retirá-lo de cena.

Alguém mais sentiu falta de Palmer, Coco, vereadora e companhia? É bom mesmo que a série esteja dando essa equilibrada e distribuindo bem a história. Nem o Ephraim mereceu destaque. Isso só prova duas coisas: ou The Strain está cheia de gente desnecessária ou acertou em dividir bem as tramas.

Restando apenas dois episódios para o término, The Strain se firmou nessa reta final e quem ganha é o espectador.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Será que a Elsa se assumiu lésbica cantando e ninguém percebeu?

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

Viajamos no verdadeiro trem do Harry Potter! Na vira real!!! Veja como foi a experiência neste vídeo.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER