The Walking Dead 3×02 — Sick

Eu sei que eu não sou a melhor esposa e nem vou ser a mãe do ano, mas… Mas não há um segundo em que eu ache que você seja mau.” — Lori.

Esse é o episódio de número 21 de The Walking Dead e ele foi muito importante para a série, pois eis que surge mais uma grande pergunta a ser respondida, entre tantas: por que um homem que teve um membro amputado depois de mordido sobreviveu?

Diante do que tínhamos, o roteiro quase não apresentou falhas, e foi tudo muito bem costurado. Poucas falas, mas muito significativas, o que fez grande diferença mesmo, levando em conta os anúncios da série e a ausência de Andrea com Michonne, e o Governador.

As conversas entre Lori e Rick se tornaram rotina desde a segunda temporada. Mas se lá, elas atrasavam o roteiro, agora é diferente. A conversa dos dois neste episódio, por exemplo, deixou claro que Lori não é uma mãe ruim aos olhos de Rick, mas está longe de ser a esposa ideal.

Os sobreviventes prisioneiros nos deram mais uma prova de que não dá para confiar em ninguém. Aliás, o líder deles lembra muito o Shane e, ao ver as expressões que Rick tinha ao olhar para ele, e ao tentar entendê-lo, é notável que o próprio Rick se lembrou do falecido amigo também. Talvez agora ele veja que matar Shane era, não só a única, mas a melhor opção para sua família e para o grupo. Espero que o fantasma dele não assombre mais Rick e Lori.

Daryl, como sempre, muito alerta e esperto. Quando ele está indo embora com T-Dog e Rick, deixando os dois prisioneiros sobreviventes sozinhos e dispara “Sinto muito pelos seus amigos” me ocorreu que talvez ele já tenha sido um prisioneiro. Será que haverá alguma história para descobrir sobre Daryl? Espero que sim. E seria algo inédito também para quem leu a HQ, já que ele não existe nos quadrinhos.

Carol está preocupada com a gravidez de Lori e até pegou uma zumbi para treinar uma cesária. Quero só ver como ela vai ser fazer isso sem anestesia. Espero que Sarah Wayne Callies esteja preparando suas cordas vocais para gritar muito.

E ainda teve o detalhe de Carol estar sendo observada. Quem será? Acredito que seja algum daqueles dois prisioneiros que restaram, ou o irmão rebelde desaparecido de Daryl, Merle.

Jà Lori encheu o maridão de orgulho ao salvar Hershell, que ainda se aproveitou da moça tentando beijá-la?! Aquela cena só estava ali para criar um clima de suspense mesmo, mas conseguiu assustar.

A promessa de que Carl se tornaria um garoto mais independente e que talvez traga problemas para seus pais deu sinal de vida nesse episódio, mas isso está sendo muito adiado. O personagem está chato, mesmo empunhando uma arma. Carl é apenas um peso para a série, mais um que Rick tem que levar nas costas. Ele está longe de ser um personagem que acrescente algo à história da série.

Fiquei decepcionado com a micro participação de Andrea e Michonne no primeiro episódio, mas fiquei mais ainda pelo fato de as duas não aparecerem nesse segundo. Eis que uma das maiores promessas para a terceira temporada está sendo empurrada.

Apesar de os dois episódios dessa temporada terem agradado, continuo achando um grande erro The Walking Dead alongar mais a temporada. Treze episódios seriam suficientes. E não é legal ter que esperar algo grandioso, especialmente para episódio 8, que dividirá a série na midseason. O bom mesmo é curtir seria curtir semana após semana. Ano passado, por exemplo, tínhamos certeza de que Sophia só apareceria perto do midseason finale. Se aparecer algo grandioso no caminho este ano, teremos que esperar até o 8º episódio?

Mesmo com algumas enrolações, The Walking Dead está proporcionando ótimas cenas.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER