The X-Files 1×10 — Fallen Angels

Em The X-Files, a verdade pode até estar lá fora, mas o perigo está bem perto dos dois agentes.

Alguém está sempre prestando atenção…” — FENIG, Max.

Que Mulder e os Arquivos X são indesejados pelo alto escalão o FBI, já é claro desde o episódio Piloto, mas até aqui, nada tinha sido feito de concreto para o fechamento deste departamento. Mulder é um incansável em sua busca, suas motivações são fortes e sua força de vontade inabalável. Ele é acima de tudo um crédulo, que guia seus passos sempre de encontro às possibilidades extremas.

Em Fallen Angel, estes passos são guiados pela palavras do Garganta Profunda, que informa a Mulder sobre um “anjo caído”. Mulder teria apenas 24 horas, antes que a equipe de resgate limpasse o local. Ao seguir a trilha, Mulder se depara com a visão de um ovni, porém é preso (como de costume) antes que possa sair com as provas. É nesse momento, então, que ele conhece um dos personagens coadjuvantes mais intrigantes da mitologia de The X-Files: Max Fenig.

Max é um personagem incomum, na história dos Arquivos X. Ele é um crédulo, como Mulder e um admirador do trabalho do agente. Sua força de vontade também é inabalável, mas ele traz consigo uma marca que não conhece: a da abdução. Portador de epilepsia desde a infância, não recorda que já encontrou aquilo que tanto busca. E Mulder percebe isso, tanto quanto o perigo que ronda a queda do ovni.

TXF 1x10

Outra característica de Mulder é sua humanidade. Ele tem uma empatia profunda com todos aqueles que passaram pela experiência da abdução. E mais, sua busca pela verdade, muitas vezes torna-se maior do que a necessidade de encontrar sua irmã perdida, como uma forma de ajudar a todos que passaram pela experiência traumática, expondo a rede de mentiras que rondam o alto escalão do governo. Trazer luz à verdade é colocar toda a população em pé de igualdade com aqueles que conspiram.

Mas, essa verdade deve ser bem guardada. Está acima das vidas das pessoas que cruzaram o caminho da entidade extraterrestre, e morreram, ou da dor de suas famílias. Também está acima do destino de Max Fenig, que, mais uma vez é levado, em uma cena poética, considerando os efeitos especiais da época, diante dos olhos admirados e assustados de Mulder.

E para não dizer que não falamos dos demais personagens, é admirável a força que Scully demonstra, seja para trazer equilíbrio aos sonhos de Mulder, seja para defender aquilo no qual ela nem sempre acredita. A cena em que Scully vai buscar Mulder na detenção não é a primeira em que a vemos salvando-o de sua paixão pela causa. Porém, é a primeira vez em que a vemos ser colocada contra a parede em um depoimento com o objetivo de denegrir a imagem de Mulder, e consequentemente dos Arquivos X.

“A enigmática Dra. Scully”, cujos motivos estão mais ligados à honra, e à lealdade que tem ao parceiro, do que à busca (pelo menos, por enquanto). Outro personagem que teve uma participação pequena, mas fundamental foi o Garganta Profunda, que nesse episódio deixou ambígua sua ajuda ao Mulder, ou sua fidelidade ao Governo. Será mesmo possível confiar em alguém nessa trilha?

PS1.: Finalmente lembraram que a Scully é médica!

PS2.: Não sei quanto à vocês, mas o Max me causou empatia imediata!

Segue promo do próximo episódio:

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER