The X-Files 3×15 — Piper Maru

Em águas profundas Piper Maru nos leva de volta para a mitologia da série.

Se eu posso dizer, senhor, tem tudo a ver com o interesse. Só não o seu, e não o meu.” SCULLY, Dana.

Em Piper Maru retomamos a mitologia da série, principalmente a ideia de que ‘eles’ estão entre nós, há muito tempo. E não estamos falando de homenzinhos verdes (ou cinzas), mas de uma forma de vida altamente adaptável, hospedeiros que se utilizam de seres humanos, com suas memórias e comportamentos para atingir seus objetivos.

Basicamente, toda a mitologia inicial de The X-Files remonta à Roswell e ao período histórico em que este evento ocorreu. Claramente, não havia época mais propícia para se manusear informações sobre OVNIs. No período que se estendeu da Segunda Guerra Mundial até a Guerra Fria havia muito com que a população deveria se preocupar, evitando holofotes para as aparições e experiências com UFOs.

Tratar o resgate de um possível artefato alienígena como o de uma bomba atômica parece muito sensato, politicamente falando. O que não se esperava era a sobrevivência da entidade extraterrestre e sua ‘fuga’ para o mundo exterior. Também não se contava com a persistência investigativa e os contatos de Fox Mulder, que sempre o colocam na trilha dos acontecimentos importantes.

Além de tudo isso, há Scully, com seu senso de justiça e conhecidos dentro das forças militares, que mesmo ignorando o real sentido das ordens que receberam, conseguem lhe passar informações a fim de completar os quebra cabeças.

E por falar em Scully, que dolorosa a cena em que Skinner lhe informa sobre o fim das investigações sobre o assassinato de sua irmã. Desde Paper Clip não vimos mais seus sentimentos em relação a isso, mas aqui podemos sentir sua dor quando retorna ao lar de sua infância . É com sensação de injustiça que ouvimos o diálogo com o Diretor Assistente. A expressão desolada de Skinner que, ao tentar provar sua lealdade aos dois agentes, acaba tornando-se vítima do sistema que ajuda a sustentar.

Resta a Scully unir forças definitivamente com Mulder e perseguir ‘A Verdade’. E eles o fazem, cada um ao seu modo. Mulder, indo um pouco mais longe, geograficamente falando (ainda é surpreendente como ele consegue deslocar-se para outro continente tão facilmente).

O comércio negro de informações é real. Quem se beneficia com isso, permanece como uma incógnita. Ainda não dá para saber para quem Krycek realmente trabalha. Mas sabemos que ele ainda tem as informações perdidas pelos agentes no início da temporada. Sabendo que algo tão importante e tão cobiçado deixará alguns corpos pelo caminho.

Enquanto isso, o Óleo Negro segue seu próprio caminho. Adoecendo (para não falar, queimando) algumas pessoas, mas fazendo uso dos corpos de outras. Por quais mecanismos ele consegue emitir e conter tanta radiação é um mistério, mas é perceptível que há um objetivo em suas ações. Se não sabemos o que Krycek realmente sabe ou para quem ele trabalha, fica a grande questão sobre como o Óleo Negro se beneficiará de seu conhecimento.

E o episódio continua…

Curiosidades dos bastidores:

– Piper Maru, em polinésio significa ‘calma e meiga’ e é o nome da primeira filha de Gillian Anderson (aquela que faz participação na série, ainda na barriga da mamãe). O nome se encaixa no episódio, pois ‘maru’ também significa ‘navio’ em japonês;

A seguir, promo do próximo episódio:

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER