True Blood 6×02 — The Sun

Se os humanos querem guerra, daremos guerra para eles”. Northman, Eric

Um episódio de incrível expansão mitológica e agilidade em respostas, esse foi The Sun.

Muitas das bolas que foram cantadas na crítica anterior já foram respondidas neste, o que nos dá segurança quanto a mecânica escolhida para esta temporada. Pelo visto, os roteiristas estão confiantes o bastante no que vem pela frente. Caso o contrário, eles não teriam contado em uma tacada só o motivo de Sookie ser tão importante e o que é Bill.

Além de tudo, o episódio ainda começa mostrando a chegada de Warlow, o vampiro ancestral filho de Lillith que esteve preso em uma suposta dimensão obscura, graças a Claudine, a fada madrinha de Sookie. Interessante descobrir que o vampirão tem a capacidade de viajar entre portais, e que eles estão espalhados por todos os cantos.

Isso sugere certa agilidade para os próximo episódios e dá uma desculpa para manifestar o personagem onde o time de roteiristas bem entender. O que nos assusta é a existência de um portal dentro da casa de Sookie. A teoria de que ela estaria protegida ali, cai.

true-blood-family-dinner

Mas é claro que um retorno emblemático se daria na ponte em que os pais da fada foram assassinados. Junte toda essa empreitada vilanesca a um mentor desmiolado, Niall, o bisavô de Jason e Sookie.

Niall é um matuto Rei das Fadas, amalucado mas que se provará eficaz na lutra contra Warlow. Seja por entrar em combate direto com ele, ou por ser uma espécie de Dumbledore para sua neta. Eu não duvido que ele morra nos momentos que antecedem o ápice da temporada, afinal a saga é do herói e não do avô dele.

Como disse na crítica ao episódio anterior, Who Are You, Really?, Sookie não poderia ser uma fada qualquer. Ela é a última herdeira da principal linhagem de fadas, o que a torna a Princesa Fada. Na verdade, quase uma Lady Dai das fadas, afinal ela não é “puro-sangue”.

Mas apenas o sangue azul explicaria a perseguição de Warlow contra sua família. Porém, é necessário dizer que os motivos para seu avô ter feito um contrato com o vampiro, dando Sookie a ele, deixaram a desejar.

Se Warlow era obcecado pela Família Real das Fadas, querendo destruí-los, por que não o fez no passado quando teve a oportunidade? Seria esta uma pergunta ainda a ser respondida? Ou damos o assunto por encerrado e aceitamos isso como um deslize de roteiro?

true-blood-fadas

Mais importante do que estes deslizes é saber que Sookie poderá se livrar de seus poderes, como ela sempre desejou, desde o início da saga. Todos sabemos que Sookie nunca soube lidar com sua telepatia, e que isso se tornou um problema para ela inúmeras vezes. Agora, por ser meio humana, ela poderá esgotar sua porção fada ao liberar seu super-hadouken-mini-supernova.

Não podemos deixar o núcleo das fadas de lado antes de comentar a chegada de Ben, aquele safadinho. Como Sookie adivinhou, ele é da mesma classe sobrenatural que ela. Agora, resta saber qual o propósito do personagem na trama. Já sabemos que Sookie terá um interesse romântico nele, e que isso parece ser recíproco. Mas qual é a do garoto?

Enquanto isso, Eric, Pam, Tara e Nora parecem se preparam para o derradeiro combate entre vampiros e humanos. Tara foi ferida com uma nova tecnologia reciclada dos filmes de Blade: uma bala de prata que emite raios ultra-violeta.

true-blood-eric-governer-burrell

E os avanços da tecnologia humana não param por aí. Ligue agora mesmo e leve para casa esse incrível óculos anti-glamourização das Óticas Carol!

Foi dessa forma que o Governador Burrell conseguiu se livrar dos encantes de Eric, literalmente. Tudo bem que o personagem não estava muito sexy e encantador, com aquela cara de Jim Carrey de cabelo lambido. Mas isso não impediu o vampiro de perseguir a filha do governador, e deixar a batalha com um tom extremamente pessoal.

Já os metamorfos e lobisomens seguem com seus plots avulsos. Como dito anteriormente, Alcíde percebeu que fica ainda mais sexy sendo dumal, e investiu nisso. Quem se ferrou foi Sam, que encara um novo time de inimigos enquanto é vigiado por jovens da Sociedade dos Vampiros Unidos.

A única coisa bacana deste enredo envolvendo Sam e a SVU (tipo de carro bem famoso nos EUA) são os paralelos que podemos traçar com as minorias. Não para apenas neste personagem, afinal o episódio propôs que as criaturas fantásticas aprendessem com os humanos o que é mostrar sua existência, seja fazendo referência aos negros e a questão da segregação, ou aos homossexuais, com a necessidade de sair do armário e se impor a um governo que ainda não os aceita.

Por fim, vamos falar de Bill. Descobrimos o que significam aquelas chicotadas que ele tomou no episódio passado e, apesar do personagem ficar parado o episódio inteiro, ele muito movimentou a trama de The Sun. E da temporada como um todo.

true-blood-bill-profeta

Bill não é Deus. Bill não é Lillith, é uma manifestação dela. Como Salomé profetizou, escolhido pela própria ancestral vampira após a batalha por seu sangue. Bill é então uma espécie de messias, um profeta com a necessidade de assumir uma missão e enfrentar aquele que está vindo.

Mas quem está vindo? Afinal, Warlow já chegou! Estaria Lillith se referindo a Caim, o filho de Adão e Eva? A luta final de True Blood seria com o diabão bíblico? Este personagem, também ancestral, é citado em muitas mitologias vampirescas como o primeiro dos chupa-sangue. Seria muito bacana descobrir que há alguém ainda mais poderoso que Warlow, o que poderia garantir novas temporadas.

A conversa entre Billilith enriqueceu a mitologia de True Blood por vários motivos, inclusive resgatando fatos. Lillith disse que só há um Deus e que nem mesmo ela pode ser considerada uma divindade. Deus criou Adão, criou Eva e criou Lillith. Seria ela a serpente que transformou o mundo neste caos? Presas não faltariam.

Como todo bom profeta, Bill agora tem o dom de prever o futuro. E segundo suas visões, a temporada promete ser brilhante. Com o perdão do trocadilho.

Confira trechos do próximo episódio, You’re No Good:

Ponto alto o episódio: Lafayette brincando de casinha com a lobinha e Bill naquela cena sinistra, sugando sugando todo o sangue da humana-delivery.

Ponto fraco do episódio: faltou humor. Onde foram parar os quotes sensacionais de Pam???

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER