TVD 3×12 — The ties that bind

“Você é melhor que ele, Elena. Você é melhor que nós dois” — Damon

Devo confessar minha preguiça por Bonnie, e um episódio que tem a maior parte do seu roteiro centrado nela me causa certa descrença. Acho que a personagem ainda não foi bem desenvolvida e que seu momento ainda não explodiu. Mas vamos lá que coisas legais aconteceram.

Depois de mais um sonho com os caixões, Bonnie está convencida que a única que pode ajudá-la a derrotar Klaus é sua mãe, que a abandonou há 15 anos. Nessa altura, Elena já sabe da existência dos caixões e vai com Bonnie ao encontro de Abby Bennedett.

Momento interessante esse encontro, pois ficamos sabendo que Abby foi responsável pela expulsão de Mikael de Mystic Falls, motivo maior pela sua saída da cidade, uma vez que seus poderes estavam enfraquecidos e que seria melhor Bonnie ficar aos cuidados da avó. Se o título do episódio é justamente, “os laços que unem”, será muito importante a permanência de Abby na temporada, para uma maior reaproximação com a filha e porque seus poderes serão fundamentais no confronto final com Klaus.

Outro que pelo visto está querendo reatar os laços familiares é Bill Forbes, pai de Caroline. O exterminador de vampiros volta à cidade, a pedido de Tyler, para ajudá-lo a recuperar o seu livre arbítrio e se livrar de vez dos domínios de Klaus. Tyler ainda terá que quebrar muitos ossos, devido aos métodos não tão ortodoxos usados por Bill, para recuperar a confiança e o amor de Caroline.

Uma coisa que já está cansando nessa temporada é esse lance de “toma lá, dá cá” entre Stefan e Klaus. Um cede daqui, outra acata de lá… Foi assim o desenrolar da trama dos caixões. Klaus recuperou os três, mas ficou sem o mais importante, o caixão que ninguém consegue abrir. E coube a Damon, sempre ele, o melhor momento do episódio: devolver a “vida” a Elijah, uma espécie de surpresinha Kinder Ovo para Klaus, pela recuperação dos caixões.

Mesmo torcendo por Elena e Damon, fiquei com dó de Stefan ao saber, pela sua amada, que tinha beijado o seu irmão. Podem me julgar. E não tinha melhor hora para Elena contar, né? Stefan ferido, cheio de dor… Foi o “se você acha que nada mais pode piorar” do episódio.

Momento Cê Jura: alguém caiu na lorota da Meredith, de que tira sangue de vampiros para ajudar na recuperação dos seus pacientes? Só o Alaric com aquela cara de cachorro que caiu da mudança.

Então é isso, se esse episódio primou pela possibilidade de laços serem reatados, o que pude ver pela promo do próximo, outros serão definitivamente quebrados. Elijah, pelo visto, vira com tudo para cima de Klaus. Ah, uma curiosidade, The Ties That Bind é título de uma música do Bruce Springsteen e fiquei achando que iria tocar no episódio.

Vou ficando por aqui, lembrando que TVD retorna dia 02 de fevereiro. Inté mais.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER