TVD 4×02 — Memorial

Beber sangue de vampiro é uma coisa muito pessoal.” — Damon

Dando sequencia ao bom ritmo apresentado na estreia da nova temporada, Memorial foi responsável por colocar dois personagens interessantes na trama. April, a filha do pastor Young, que mesmo em pequena participação trouxe consigo uma aura de mistério. E Connor Jordan, o novo caçador de vampiros, quem comandou a adrenalina do episódio.

Ta aí um personagem interessante que pode suprir a falta do Pastor Young, que foi dessa para uma melhor já no primeiro episódio. A falta de compromisso com os personagens centrais faz com que Connor seja frio e implacável na sua caçada. Diferente de Alaric e Bill que possuíam uma relação de amizade e fraternal com os vampiros, com o novo caçador a coisa é diferente, se é vampiro o cara não pensa duas vezes, já vai tocando o terror.

E logo de cara o episódio já faz a ponte entre o novo personagem e Jeremy. Como já ficamos sabendo os dois terão uma relação. Ficamos com a pulga na orelha com a cena onde apenas Jeremy enxerga uma instigante tatoo no braço de Connor. O que seriam aqueles símbolos? Trata-se de uma seita de caçadores? E porque apenas Jeremy consegue vê-los?E já que estamos falando em símbolos, e os desenhos impressos nas balas retiradas da arma do caçador? Se o roteiro ajudar podemos ter uma ótima trama aí.

Por outro lado os dramas de Elena continuam firmes e fortes. Claro que a transição da heroína não seria nada fácil, tinha que ter um sofrimento. A mocinha rejeita qualquer tipo de sangue. Espero que essa ladainha não se estenda por muito tempo, porque será muito cansativo, vermos essa briguinha entre os Salvatores, se Elena tem que beber sangue humano, ou de animais. E mais uma vez fico com Damon, quando ele diz que Elena é uma vampira e em algum momento ela irá beber sangue humano, não tem como fugir disso. E foi o que aconteceu.

E já que estamos falando em Elena… Muito confortável ter dois vampiros apaixonado por ela. Sempre fica do lado do Stefan e concorda com seus métodos, mas quando precisa realizar alguma ação que fuja do politicamente correto do vampiro ela corre para o Damon. Foi assim em relação ao seu drama de beber sangue. E no final quem pagou o pato? Damon, claro. E ela sai de vítima mais uma vez. Ah vá!

Sensacional toda a sequencia realizada dentro da igreja. Desde as ironias protagonizadas por Damon dentro da casa de Deus. E principalmente as cenas de Elena louca por sangue e saciando seu desejo aos olhos do Divino. Estavam todos ali para o velório de vários integrantes do Conselho e os vampiros ditando as regras.

Quero ver qual será a verdadeira participação de April nessa temporada, e que no próximo episódio Klaus e Rebekah reapareçam. E torço para que tenhamos mais cenas de Damon conversando com Alaric, e que este, em algum momento fique visível para o vampiro. Formavam um casal perfeito.

Até semana que vem.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER