TVD 4×23 — Graduation [Season Finale]

Mas que egoísta de minha parte estar aproveitando esses momentos preciosos com a minha melhor amiga ex-morta. Eu deveria estar sacrificando a minha própria felicidade pelo bem dos outros, certo?” — Stefan para Damon

Não é de se espantar com o stress de Caroline devido à formatura, para que tudo saia do jeito que ela sempre sonhou. Afinal, o evento carrega em si o peso de extrema importância dentre os rituais de passagens. A formatura fecha um ciclo na vida dos jovens, ao mesmo tempo, que se inicia outro. Encerram-se histórias e se planeja novos roteiros.

Podemos considerar a season finale de Vampire também um ritual de passagem. Em uma temporada cheia de tropeços, o seu final fecha diversos plots, e mostra o caminho para outros tantos. Não sei se Mystic Falls ficará para trás, mas certamente os seus moradores não serão mais os mesmos para a quinta temporada. Como profetizada por Lexie em diversos momentos do episódio, “devemos seguir em frente”.

Não tem como começar essa review sem ser pelo final. O grande arco da temporada, que muitos não acreditavam mais que teria forças para surpreender, inclusive esse que vos escreve, demonstra porque a série consegue desenvolver tão bem seus elementos místicos. Nada de Qetsiyah ser a responsável por criar Silas do jeito que ele é. O próprio Silas criou o feitiço da imortalidade. E com ele a causa e a consequencia imposta pela natureza, que precisa balancear a situação. Dessa forma cria-se uma copia mortal desse imortal. E o escolhido, neste caso específico, foi Stefan. Ou sendo mais específico, uma linhagem de dopplegangers do Salvatore, uma vez que quando uma cópia morre, uma outra precisa surgir para o balanço seja restabelecido.

Até o momento é isso que sabemos dessa história toda, que terá o seu desenrolar durante a quinta temporada. Mas podemos viajar um pouquinho no sentido de: se Stefan é um dopllegangers de um imortal, assim como Elena é também uma cópia, não seria nada estranho se a primeira Petrova fosse a amante de Silas. O que justificaria o amor épico de Stefan por Elena através dos tempos. E como se dará o final de Silas, uma vez que a cura não existe mais.

TVD 4x23

Momentos antes desse cliffhanger ,nos minutos finais do episódio, já estávamos boquiabertos com a sequencia envolvendo Elena e Katherine. O embate final entre as duas não poderia ter terminado de maneira mais chocante. Foram muitas as especulações sobre quem realmente iria beber a cura, mas poucos apostavam em Katherine. A bitch que sonhava com a imortalidade acabou ganhando a mortalidade. O que esperar dessa nova humana? Realmente estou em dúvida se ela terá um espaço interessante no decorrer da série. Se Klaus continuasse em Vampire, ela seria a Petrova humana ideal para dar continuidade à sua linhagem de híbridos. Vamos ver o que Julia Plec reserva para a nossa anti-heroína predileta.

Elena sempre será o seu amor épico. Ao contrário do que todos acreditam, há muitos outros amores. Especialmente quando se é um vampiro” — Lexie para Stefan

Como disse no início do texto, a season finale foi o momento de fechamento de diversos pontos. O momento mais meloso do episódio ficou a cargo da finalmente decisão de Elena entre os dois Salvatores. Não foi surpresa alguma a sua escolha por Damon. Foram vários momentos, no decorrer da temporada, que indicaram essa escolha.

Bonnie merece os méritos por ter conduzido todas as tramas dessa temporada. E o seu final, como agora fantasma, dá a personagem um arco só seu para ser trabalhado na quinta temporada. Da mesma forma, que talvez o único motivo da volta de Jeremy, é ele ser a ponte de comunicação entre a bruxa e os demais personagens.

Outro momento feliz do episódio foi de Matt e Rebekah. A vampira deu ao único humano da turma a possibilidade de conhecer o que tem depois da ponte de Mystic Falls. Mesmo Rebekah não permanecendo em Vampire, a sua contribuição final foi dar ao personagem de Matt uma chance para que volte interessante para próxima temporada.

Meu único porem é em relação à Caroline. Por mais que a sua cena com Klaus tenha sido fofa, ela foi totalmente descartada durante toda a temporada. E no último episódio não ganhou se quer uma luz sobre o que podemos esperar da sua personagem na próxima fall season. Uma pena.

Enfim, Vampire Diaries teve uma season finale digna de nota? Sim. Mas não podemos esquecer foi uma temporada fraca, confusa e em diversos momentos, desinteressante. A única coisa que espero da quinta temporada é amadurecimento. Em todos os sentidos.

Até outubro de 2013.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!