TVD 6×14 — Stay

Daremos um jeito de seguir em frente sem você, Jeremy. Oh, ei! Acabei de conseguir!” SALVATORE, Damon.

Todos prontos para se despedir de Jeremy? Pois é. Eu também estou desde quando ele morreu lá no meio da quarta temporada. Mas é isso né gente, o personagem ganhou sua despedida pra valer ao som de Bastille com fogo torrando a casinha e o início do melhor meme que The Vampire Diaries já criou (I can’t, I can’t), há exatas duas temporadas atrás, e os roteiristas tiveram o bom senso de não queimar mais um episódio com um personagem imprestável que continuava na série não sei nem porque né? Que os roteiristas de Arrow façam melhor proveito do McQueen.

Até porque essa despedida de Jeremy foi simbólica. Aposto que o plot foi inserido no episódio só pra justificar o sumiço permanente do personagem e pra dar algum tempo de tela a ele que piorou a irrelevância nos últimos tempos. E sinceramente, aquele desfecho dele sendo caçador de vampiros (matando a espécie da própria irmã) foi pior do que se ele tivesse ido para a escola de artes. Para uma despedida que valesse a pena e nos sensibilizasse, só se ele morresse. De novo.

Falando em morte… eu simplesmente não consigo lidar que a série resolve dar destaque a uma personagem só para matá-la. Ok que a gente já sabia que em algum momento Liz ia morrer, já que ela era a única coisa que prendia Caroline a toda sua vida humana. Estão fazendo com ela o mesmo que fizeram com Elena. Só que de forma mais dolorida. Porque por mais que eu amasse Alaric quando ele morreu, sempre teve a possibilidade de ele dar um alô na série. Já Liz não.

Ela foi a grande estrela do episódio. E por experiência no mundo das séries, eu já sabia que esse provavelmente era o episódio em que ela morreria devido a toda vibe que já vinha se demonstrando e o fato de 70% da trama ter sido dela. The Vampire Diaries sabe criar despedidas. Isso ninguém pode negar. Ou você vai me dizer que enquanto via Damon se despedir dela falando da própria mãe; ou o momento que ele percebeu que Liz não estava mais consciente; ou as últimas mensagens pra Caroline; ou a cena da bicicleta; ou a chegada de Caroline no hospital; você não se emocionou? Duvido. Porque eu, que quase sou coração de pedra e não choro com nada, senti uma nascente de rio sair dos meus olhos…

Pelo menos uma coisa boa na periferia da trama da Xerife foi a consolidação de Steroline como casal. Teve beijo sim, e se reclamar vai ter dois. Ou três. Ou cem. Já aceitei ele como endgame. Tenho uma relação de amor e ódio com o desenvolvimento do casal, mas isso é culpa exclusivamente do roteiro. Mas nos últimos episódios (a.k.a. quando Stefan voltou a ser Stefan e deixou de ser babaca) eu só tenho caído de amores cada cena mais. E o beijo entre dois foi uma das cenas românticas mais lindas que The Vampire Diaries já fez. Esteticamente falando, impecável. Atuação e química impecável. E, o melhor, sem mimimi.

O alívio cômico de Damon foi o contraponto do clima triste do episódio (por Liz, não por Jeremias, deixando claro). E eu adorei vê-lo satirizando com a própria série ao falar que eles sofrem com a partida do cunhado. Gente, é disso que a série tá precisando. Aprender a zoar consigo mesma.

Momento-detestei do episódio: Todo o plot de Enzo. Ele não tem propósito de estar na série e essa história envolvendo a verdadeira Sarah e Matt (por favor, casem e tenham mil filhos, mas bem longe de Mystic Falls e da CW) é puro desperdício de tempo e trama. Até um desenvolvimento sobrenatural para a morte dos pais de Elena e uma investigação tardia seria mais interessante à série.

Momento-fez-falta do episódio: Bonnie. Gente, sempre me surpreendo quando sinto falta da bruxa, mas fazer o quê se ela fez uma macumbinha e levou meu coração embora? Volta logo Bonbon, precisamos de você aqui. E Kai! Gente, The Vampire Diaries conseguiu fazer um episódio maravilhoso sem o personagem que vinha carregando o agito da série nas costas praticamente sozinho!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER