TWD 01×04 — Vatos

TWD tem episódio forte escrito por Robert Kirkman

Parece que o mundo mudou — T-DOG
Não. Ele continua igual: os fracos sempre perdem.” — GUILLERMO

Após um episódio com foco maior na história e nos personagens, TWD consegiu unir ação e grandes reviravoltas na trama. Escrito por Robert Kirkman, Vatos era aguardado com uma expectativa maior dos fãs — e não deixou ninguém decepcionado.

Autor original dos quadrinhos, Kirkman soube trabalhar muito bem com personagens que lhe são familiares e também com aqueles criados especialmente para a série de TV. O episódio foi recheado de momentos importantes para os personagens e ainda contou com um final forte.

A busca por Merle em Atlanta é permeada de momentos sutis e engraçados, enquanto eles seguem a trilha de walkers deixada pelo irmão de Daryl. Sabemos que é muito provável que Merle esteja vivo, mas não temos indícios de que ele irá voltar a dar as caras tão cedo na série — acredito que ninguém esteja sentindo sua falta.

the-walking-dead-s01e04-vatos-005

Enquanto isso, os outros sobreviventes levam suas vidas no acampamento e Shane assume novamente o papel de líder, no entanto somos apresentados à outra versão do personagem. Após um momento bastante pesado em que o policial espanca Ed — não que não fosse merecido — ele consegue controlar a situação pacificamente, quando Jim parece perder o controle. É importante navegarmos pelas facetas dos personagens e saber que a série não ficará presa a uma noção maniqueísta de mocinhos e vilões.

Outra prova disso é a grande reviravolta que temos no conflito em Atlanta. Quando nos deparamos com a gangue de latinos, é impossível não pensar nos grandes clichês de séries americanas e somos levados a imaginar um conflito entre os grupos. Com uma pitada de humor — muito bem-vinda — descobrimos que o grupo mal encarado não passa de algumas pessoas boas querendo proteger alguns idosos. Honrado como sempre, Rick não poderia abandoná-los à própria sorte e resolve entregar algumas das armas para o grupo.

Neste episódio podemos ver também que Daryl não é exatamente como seu irmão. Apesar de parecer receoso em entregar todas as armas para os latinos em troca de Glenn, ele se mostrou bastante empático quando o garoto foi sequestrado. Além disso, podemos ver uma relação de respeito surgindo entre Rick e Daryl, que não questionou os motivos para não abandonar Glenn.

O final de Vatos foi sem dúvida o melhor até agora. Enquanto esperávamos ansiosos pelo retorno de um furioso Merle , somos surpreendidos com um ataque de zumbis ao acampamento. O grupo, que aproveitava a noite despreocupado, se deparou com vários walkers invadindo o acampamento e atacando os personagens que já estávamos começando a nos afeiçoar. Definitivamente a maior perda do episódio foi Amy e certamente não sentiremos a falta de Ed.

O grupo consegue se recuperar do ataque com muitas baixas e sabem que não é mais seguro continuar no acampamento. Nos próximos episódios devemos ver a movimentação dos sobreviventes em busca de um novo local para acampar, assim como todo o estresse que isso vai gerar. Caso a série continue a se guiar pelos quadrinhos, termos episódios emocionantes a seguir — vale sempre lembrar que a série não é igual ao HQ, mas existe uma semelhança muito grande com o rumo da história.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!