TWD 06×15 — East

Com roteiro fraco, East mostra pouco bom senso dos personagens e falha na hora de preparar o cenário para a season finale.

Quando eles vierem nos pegar, nós terminaremos isso. Daremos um fim nisso tudo.” GRIMES, Rick

Com a season finale de The Walking Dead chegando, nos deparamos com East, um episódio com roteiro fraco e que forçou a mão na falta de bom senso dos nossos sobreviventes mais experientes. Como se já não fosse ruim o suficiente ter que lidar com a crise existencial de badass Carol.

the-walking-dead-episode-615-carol

Depois de abandonar o grupo, não demorou muito para que Carol percebesse que fugir de Alexandria não era a solução para os seus problemas. Em menos de um dia fora da comunidade ela se deparou com mais uma situação de mate ou morra — e ainda bem que ela fez a escolha certa.

Mesmo não concordando com essa mudança da personagem, sabemos que Carol não é uma psicopata e que é compreensível que ela esteja passando por uma crise de consciência. No entanto, mais uma vez ela teve que escolher sobreviver e foi forçada a encarar os fatos de que se algum desconhecido aponta uma arma para você, é muito difícil que os dois saiam vivos dali. Carol não decepcionou e detonou cinco Salvadores sozinha. É assim que gostamos da nossa Carol.

Foi um pouco difícil dizer se Carol saiu de fato ilesa do combate e mesmo não mostrando que ela se feriu, somos induzidos a acreditar que sua vida está em perigo. Tudo isso para ter mais um personagem para ser salvo na season finale — ou morto.

E foi Morgan quem decidiu ir procurar por Carol, mesmo depois de tudo que aconteceu entre eles. É muito provável que ele se sinta responsável pela mudança de Carol, ou pelo menos quer ajudá-la a passar por esse período, mas ele realmente não a conhecia direito e não fazia muito sentido que ele fosse sozinho. Então Rick resolve ir com ele, mesmo que isso significasse deixar Alexandria em uma situação perigosa.

A curta jornada de Morgan e Rick retomou o já esquecido tema de “toda vida é importante”. Um tema curioso a ser retomado prestes a carnificina que Negan promete trazer para a próxima temporada. Talvez quem seja de fato convertido seja Morgan e não Rick. Isso se ele resolver voltar para Alexandria.

Em paralelo a isso tudo, nos deparamos com o grupo de Alexandria tomando todas as decisões erradas. Depois de descobrir que os Salvadores não só sabiam a localização de Alexandria, mas que também estavam de olho em tudo que acontecia, todo mundo resolve largar a comunidade indefesa. Com exceção de Abraham e Sasha, todos os outros grandes lutadores saíram de Alexandria de forma bastante irresponsável.

Mesmo entendendo que Daryl se sentia responsável pela morte de Denise — por não ter matado Dwight quando teve a chance — não fez sentido que ele simplesmente saísse em uma busca desenfreada por vingança. E muito menos que mais três pessoas fossem atrás dele.

Vamos lembrar aqui que Daryl passou pelo confronto com o Governador e deveria saber que não fazia sentido nenhum sair correndo desembestado para procurar um grupo organizado, armado e com um líder forte. A comunidade dos Salvadores é uma versão mais radical e sangrenta do que o que tínhamos com o Governador e Daryl deveria esperar por algo similar, pelo menos.

the-walking-dead-episode-615-daryl-reedus-935

No entanto, mesmo com uma iminente ameaça, Daryl, Michonne, Glenn e Rosita resolvem dar uma volta pela floresta. E mesmo com toda a experiência em fugir de canibais e do Governador, eles são surpreendidos por vários homens armados. Devemos comentar como Dwight se recuperou rápido da mordida que levou do Eugene. Pensava que uma lesão dessas demoraria mais para se curar — mas quem sou eu para falar.

Em seguida, temos Glenn e Michonne sendo cercados em uma floresta sem notar nenhum movimento. No cenário de um apocalipse zumbi você nunca fica distraído quando está desprotegido, portanto, como não perceber a aproximação?

Para completar, temos o desfecho de Daryl e Dwight. Em primeiro lugar, Daryl além de fodão maravilhoso sempre foi conhecido pelas suas habilidades de caçador e como alguém que sabe rastrear suas presas, mas em East ele foi surpreendido de uma forma muito banal e estúpida. No final, fomos deixados com mais uma situação de quase morte. A ideia certamente era nos deixar abalados e receosos pelo queridinho do público, mas para suavizar colocaram a fala de Dwight que insinua que está tudo bem. Destaque para o respingo de sangue na tela. Não é a primeira vez que acontece e não deixou de ser brega.

O roteiro de East deixou a desejar no momento em que subestimou a inteligência dos personagens mais estratégicos e importantes da série. Os erros cometidos foram de principiantes e chegam a ser inaceitáveis para um grupo que já enfrentou situações bem perigosas.

Para compensar, a promo da season finale já chegou mostrando um pouquinho de Negan e Lucille. Já deu para dar aquela sensação de que as coisas vão piorar. #shitjustgotreal

Negan

Esperamos que a season finale seja mesmo tão boa quanto promete. E você, o que achou?

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER