TWD 1×01 — Days Gone Bye

The Walking Dead tem piloto emocionante e capricha nos efeitos especiais

Isso é real? Eu estou mesmo aqui? Acorda, acorda!” — GRIMES, Rick

Uma das séries mais aguardadas da AMC, The Walking Dead chega com o difícil papel de corresponder às expectativas dos fãs do quadrinho homônimo, escrito por Robert Kirkman, e de novos telespectadores. E se a temporada seguir o mesmo ritmo deste primeiro episódio, não será difícil. Days Gone Bye é recheado de tensão e ação na medida certa mostrando a dolorosa introdução de Rick Grimes em um mundo tomado por walkers e a luta para reencontrar sua família.

Rick é um assistente de xerife que entra em coma após ser atingido por um tiro durante uma perseguição. Ao retomar a consciência ele se encontra em um mundo totalmente devastado e é a partir deste ponto que a história começa a se desenrolar. O episódio começa entregando muito da tensão que era esperada da série, com uma produção impecável e atuação forte de Andrew Lincoln. Destaque para a cena em que Rick desce as escadas apenas com uma caixa de fósforo para iluminar o caminho — deixando qualquer um angustiado e com a sensação de que ele será atacado a qualquer momento.

Rick perambula pela cidade destruída tentando voltar para casa — e convenientemente encontrar apenas um walker no caminho — e desespera ao perceber que não encontrará sua mulher e filhos tão facilmente.Este é um dos momentos mais emotivos do episódio. Pela primeira vez Rick parece parar para pensar na situação e chega a duvidar sobre a sua sanidade ou se está preso em algum pesadelo. Andrew Lincoln trabalha muito bem e começamos a desenvolver uma empatia pelo policial.

the walking dead s01e01

Rick não demora muito a encontrar outros sobreviventes, mas antes de ganhar a confiança de Morgan e Duane (pai e filho) ele precisa passar por uma grande bateria de perguntas — já que quando estamos em um apocalipse zumbi é sempre importante se certificar das intenções de outros humanos.

É só então que Rick começa a entender o que aconteceu com o mundo e aceita que os walkers não são pessoas e sim mortos. Mais um destaque para a cena angustiante em que a falecida mãe de Duane parece saber que eles estão na casa e segue direto para a porta com reflexos quase humanos, como se ainda fosse viva.

Rick decide tomar providências e sair em busca de sua família, mas antes vão até a antiga delegacia e se armam com tudo que conseguem carregar. Mesmo tendo acabado de entrar neste mundo, Rick prefere deixar a companhia de Morgan e ir até Atlanta para ver se encontra sua família — Talvez não fosse a decisão mais sensata para uma pessoa que ainda sente dores de seu ferimento e acabou de entender o que aconteceu com o mundo.

No entanto, logo descobrimos que a busca de Rick não será em vão. Lori e Carl estão vivos e alocados em um acampamento — aparentemente organizado por Shane, o antigo parceiro de Rick. Não sabemos quanto tempo Rick ficou em coma enquanto o mundo queimava, mas parece ter sido tempo suficiente para que Lori e Shane engatassem em um relacionamento amoroso. Será esse envolvimento é apenas resultado da carência e medo ou algo mais sério que irá gerar mais problemas ao longo do caminho?

Rick é um homem de honra e princípios, mesmo em um mundo sem governo e sem regras ele não consegue se desvencilhar de quem ele era antes e continua a assumir a responsabilidade de homem da lei com sua farda engomada e limpa.

Em uma decisão ingênua, Rick vai parar em Atlanta com a esperança de encontrar uma base de refugiados, mas no final acaba por se tornar a pior decisão que podia ter tomado. No entanto, parece ser em Atlanta que Rick vai encontrar seus novos companheiros.

O episódio é emocionante e cheio de momentos de tensão, exatamente o que estávamos esperando da tão aguardada novidade da AMC. Já estamos ansiosos pelos próximos episódios.

OBS: Impossível não ficar triste com a cena do cavalo sendo atacado pelos zumbis. L

OBS2: A zumbi que aparece logo quando Rick pega a bicicleta para ir até a sua casa ficou tão bem feita e tão famosa que a AMC se dedicou a criar um vídeo que conta como ela chegou até ali. Vale a pena ver.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!