TWD 3×13 — Arrow on the Doorpost

O cinema western é um estilo de cinema norte-americano é o que os críticos chamam de cinema americano de verdade, pois mostra como o pais foi colonizado, seus principais personagens e as bases da civilização da America do Norte. O principal objetivo dos faroestes (como o próprio nome diz: far west) é chegar o mais longe à oeste e delimitar novas fronteiras. Exatamente o cenário pintado nesta semana em The Walking Dead.

Ao marcar o encontro entre Phillip Drake e Rick Grimes, Andrea tenta assumir o papel de mediadora na relação prisão versus Woodbury. Sem sucesso: o governador só queria na verdade conhecer quem era esse tal xerife que estava o incomodando e ver se ele consegue Michonne como promessa de paz.

TWD 3x13

E como nos faroestes, nada que os dois disseram é verdade. Rick não acreditou na promessa de paz de Phillip e este quer ver os habitantes da prisão mortos o mais breve possível. A guerra esta armada. Se TWD já dava sinais de reviver o império romano e a carnificina dos gladiadores, agora a série resgata da história o velho Oeste e as disputas até o último homem por território e respeito.

Este episódio foi mais um preparatório para o que está para vir. Haverá uma guerra, e a posição de Andrea ainda é incerta. Será que ela vai ficar do lado do amor do governador, da cama quente, e esquecer o grupo que a ajudou quando a vida era mais difícil, quando eles não entendiam tão bem os zumbis e ainda os temiam muito. Família, como Hershell bem disse a ela. A escolha então será: um líder populista ou um grupo familiar. Andrea tem que pesar muito bem a sua escolha, pois qualquer uma das duas, se feita da maneira e no momento errado, pode levar à morte dela.

E pela primeira vez eu concordei com Merle: a solução é assassinar o governador e deixar os outros membros de Woodbury desesperados. Há outra solução? Só se for fugir para bem longe. Eles perderam algumas oportunidades de matar Phillip, e agora o líder já deve estar mais temeroso em se expor.

Outra coisa que fica bem claro é a semelhança entre os grupos: como Daryl e o capanga de Phillip têm praticamente os mesmos instintos e servem ao mesmo propósito. O que falta à Wooybury talvez seja a sabedoria dos mais velhos, como de Hershell, para ponderar as ações do governador.

Bem, ficamos a esperar as cenas dos próximos capítulos. Em Prey teremos uma fuga de Woodbury que descontrolará o governador. Quem será? Escolham as suas armas, o lado que vocês irão torcer e deixe preparado o uísque para quando os sobreviventes chegarem ao saloon. Fiquem com o promo e até a próxima semana.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!