Tyrant 1×02 — State of emergency

Você é um Al Fayeed. […] Sangue é tudo nesse lugar” — TUCKER, John.

Ma’an vive momentos de extrema tensão após a morte de seu presidente. O falecimento de Khaleb acendeu o estopim do barril de pólvora que é este país do Oriente Médio. O substituto do presidente, seu filho Jamal, foi vítima de um atentado orquestrado por um grupo terrorista. Muitos conflitos de interesses começam a despontar.

O segundo episódio de Tyrant conseguiu manter o interesse levantado no piloto e explorou muitos pontos obscuros, além de lançar ainda mais perguntas e instigar o espectador a acompanhar os rumos políticos de Ma’an.

O enfoque principal foi a angústia que assolava Bassam, ou Barry, como gostava de ser chamado ao chegar aos Estados Unidos. Era de se esperar que, no fim das contas, Bassam acabasse decidindo ficar por um tempo mais em sua terra natal. Mas o destaque foram os eventos que levaram Bassam a perceber que ali era realmente o seu lugar. O episódio soube trabalhar bem a percepção dele e do papel que o sangue, a família, desempenha em sua vida.

Tyrant 1x02

Bassam é um personagem cheio de camadas e aos poucos elas são reveladas ao público. Quem poderia imaginar que ele e a cunhada Leila tivessem um passado? Aliás, esse foi justamente um dos motivos que o afastou de Ma’an. Resta saber como ela acabou ficando com Jamal.

Também a série sempre evidencia o quando Bassam é capacitado politicamente. Ao livrar a mulher do sobrinho das mãos de jovens que a mantinha como refém, o médico explorou todo seu poder de persuasão. É como se estivessem preparando o terreno para que ele, fatalmente, assuma a presidência do país.

Sobre Leila, percebe-se que ela é uma mulher de muitos recursos. A cena em que ela faz uma ameaça velada contra a médica foi assustadora. E, no instante seguinte, exterioriza toda a sua vulnerabilidade ao abraçar Bassam diante do estado de saúde do marido.

Jamal continua sendo extremamente plural. Ao acordar da cirurgia, a primeira coisa que deseja saber é se seu pênis vai funcionar regularmente. E depois faz um discurso emocionado no funeral do pai. Esses dois momentos mostram o quanto Jamal age pelas emoções, dispensando a razão. O completo oposto de seu irmão, que é mais frio e calculista ao agir.

Os jogos de poder também foram melhores explorados, particularmente, Ihab, o líder do grupo terrorista e o general Tariq, tio de Jamal e Bassam. Se o primeiro deseja a liberdade da opressão do governo, o segundo só está esperando motivos para retaliar com violência extrema e impor a lei marcial.

Abdul e Sammy continuam com seu flerte. A troca de olhares dos dois diz muito mais que as palavras. Sammy foi um pouco mais afoito ao dizer que precisavam sair. Abdul entrou no jogo de sedução proposto pelo americano. Emma, que até o momento não apresentou nenhum desenvolvimento maior, pareceu perceber o que estava ocorrendo entre os dois.

A parte técnica da Tyrant continua impecável. A cenografia e a criação do fictício Ma’an são impressionantes. Cada detalhes demonstra um enorme cuidado. Os efeitos especiais são excelentes, justamente por serem imperceptíveis.

Um segundo episódio muito firme e estruturado, com a mão do roteirista Howard Gordon, conhecido pelos seus trabalhos em 24 e Homeland. Tyrant tem todos os elementos para se transformar em sucesso. E espero que isso aconteça.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER