Tyrant 1×09 — Gaslight

Estou confiando em você, irmão. Você é o único em que posso confiar. Você sabe disso” — AL-FAYEED, Jamal.

Dizem que a confiança é como um fino cristal e que, uma vez quebrada, não há mais concerto. E não precisa de muito para abalar esse sentimento. A literatura está cheia de exemplos disso. O caso mais clássico é o de Othelo. Bastaram algumas palavras envenenadas de Iago e o mouro tirou a vida de Desdêmona.

Ainda que usando a justificativa de vencer o terror e instaurar uma democracia justa em Abbudin, Bassam não pode negar que vestiu com perfeição o papel de Iago. A melhor maneira de colocar em prática o plano do golpe de estado era tirar Tariq da jogada. O general faria de tudo para impedir que Jamal fosse deposto. A não ser que o próprio Jamal acreditasse que Tariq era um traidor.

Não precisou de muito para jogar Jamal contra Tariq. Não se pode esquecer que, no passado, o general traiu o irmão e lançou Abbudin no mais trágico episódio de sua história. A semente estava plantada ali há muito tempo; precisava apenas ser regada. E é isso que Bassam faz.

Tyrant 1x09

Naturalmente, como o velho dito popular, não há como fazer uma omelete sem quebrar alguns ovos. As coisas não saíram exatamente como o planejado e isso só corrobora a ideia de que Jamal não é alguém que se pode confiar. Seu temperamento explosivo fez com que ele ordenasse a explosão de um avião com militares aliados de Tariq. Nada tão atual em tempos de diversos aviões caindo em acidentes pra lá de suspeitos.

O que mais chamou a atenção foram as palavras de Tariq dirigidas a Bassam. Sempre se vê Jamal como perigoso devido à sua instabilidade. Mas Bassam não é exatamente quem se pensa. E Tariq percebeu isso. O tio relembra da frieza do menino de nove anos em matar uma pessoa. E isso não pode ser desconsiderado.

Molly também percebeu a personalidade do marido. O momento em que ela o abraça, percebe que aquele homem é um desconhecido. Os anos vividos juntos como um casal de nada adiantaram. É agora que Bassam começa revelar-se diante de seus olhos.

A rápida aparição da família de Bassam foi apenas para justificar a presença do elenco, pois pouco acrescentou à trama. Uma grande pena já que Sammy tinha começado um plot muito bom, mas que foi rapidamente abandonado. Resta a esperança de que isso seja retomado em uma possível segunda temporada.

O episódio manteve a dose exata de tensão o tempo todo. Não havia garantias que o plano para tirar Tariq da jogada funcionaria, ainda mais com um Jamal tão imprevisível. Tyrant conseguiu prender o fôlego do espectador com maestria e entregou um excelente episódio, deixando para o último da temporada uma grande expectativa.

Sem dúvida, a maior ansiedade de quem acompanha a série é ver o exato momento em que Jamal perceberá que o homem em que tanto confiou é o responsável pela principal traição. E também como a transformação de Bassam como uma pessoa capaz de tudo para manter seus ideais.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER