Um dia no museu!

Enquanto escrevo este post, a primeira sexta-feira do mês de abril está acabando. Sabe o que significa? Não muita coisa… Mas o importante para quem visita NY no começo de qualquer mês é saber que a primeira sexta feira é dia de visitação gratuita ao MoMA (Museu de Arte Moderna), depois das 16h. Portanto, deixamos para conhecer esse museu incrível nesta data.

Mas, começando pelo início, vale contar que o café da manhã foi no Dunkin Donuts, com café com leite e donuts à moda antiga. Dali iniciamos nossa caminhada pelo Central Park, que não chegamos nem à metade. Nem preciso dizer que o parque é gigantesco, né? Passamos pelo Strawberry Fields, que é uma área do parque em homenagem a John Lennon. Dali ainda é possível ver o Dakota Building, onde vive a viúva do músico.

O planejado era ir até ali para então visitar o Museu de História Nacional, uma das grandes atrações da cidade principalmente pelas ossadas de dinossauros e exposições especiais — a sequência de filmes Uma Noite no Museu se passa ele. O planetário também é bem elogiado, mas como o tempo aqui é curto, reduzimos o passeio ao principal e mais visado, até porque cada atração especial é cobrada à parte.

A área dos mamíferos é praticamente o Hall de entrada. Ele traz animais empalhados em cenários que recriam seus habitats naturais e é impressionante. Os espaços dedicados às culturas asiáticas, africanas e pré colombianas (américa central e do sul) também é fantástica, principalmente a coleção dos maias. Na parte asiáticas você pode conferir maquetes criadas em perspectivas que são incríveis. Isso tudo no segundo piso, que na verdade é o piso de entrada.há um inferior que é de serviços gerais. O terceiro não deu tempo de visitar e o quarto é o dos dinossauros e mamíferos do passado.

Tenho pra mim que este é o museu e que o Ross, de Friends, trabalhava. Digo isso pois algumas vitrines recriam momentos históricos e regiões do planeta, como naquele episódio em que ele monta uma vitrine sobre uma família pré-histórica e brinca com o braço de um dos manequins.

Passeio feito, tratamos e comer em um pub no caminho ao MoMA e então chegamos a espaço de artes. Antes passamos pelo prédio da CBS no qual é gravado o Late Show, o que valeu uma fot para este fã de TV.

Voltando ao MoMA,aA fila era gigantesca, mas se movimentava com muita rapidez. Demorado mesmo era esperar para deixar as mochilas na chapelaria. A dica é ir sem mochila. Leve sua câmera pois é permitido tirar fotos. Eu tirei várias, inclusive com O Grito (Edward Munch) que está por lá em uma exposição especial.

Uma pena que a bateria do celular acabou e não posso mostrar as fotos para você aqui no post. Mas assim que descarregar as fotos da câmera, atualizo o post.

Depois de tanto andar nesses gigantescos museus, voltamos para casa. Aproveite para pegar um prato que a Lívia (amiga do trabalho) me indicou do Hot Kitchen (comida chinesa) e vim comer em casa já pensando no que ia escrever por aqui. Dia corrido, mas bem gostoso.

Uma dica importante para quem gosta desse tipo de atração é se certificar se todo mundo do seu grupo de passeio também gosta, afinal arte é para ser apreciada com calma e tranquilidade. Se nem todo mundo curte, o passeio pode acabar sendo acelerado e ninguém se diverte.
Até o próximo post!!!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER