Um mundo de sedução e máscaras em Segundas Intenções

Cult teen dos anos 90, em Segundas Intenções somos apresentados a um mundo de máscaras, no qual poder e sedução imperam.

Todos me amam, e eu pretendo que continue assim.’’ MERTEUIL, Kathryn

Dirigido por Roger Kumble, Segundas Intenções estreou nos cinemas norte-americanos em 5 de Março de 1999 e desde então se tornou um clássico do cinema teen, cultuado até os dias de hoje.

Nos papéis principais temos a eterna caça-vampiros Buffy Summers, Sarah Michelle Gellar como Kathryn Merteuil, Ryan Phillipe como Sebastian Valmont e Reese Witherspoon como Annette Hargrove, sendo este o filme que a alçou ao estrelato. Dois anos depois ela seria vista em outro clássico contemporâneo: Legalmente Loira.

Nova York, Kathryn e Sebastian são meio-irmãos e por baixo da bela aparência escondem duas pessoas frias e manipuladoras, com um único objetivo em mente: seduzir e destruir a reputação de pessoas inocentes por pura diversão.

Após mais uma “conquista’’, como o próprio Sebastian gosta de chamar as garotas que leva para a cama, Kathryn propõe um desafio: Sebastian deve seduzir e desvirginar Annette, filha do novo diretor da escola, antes do início das aulas. Se conseguir, ele terá em sua cama a única mulher que não pode ter: Kathryn. Se perder, Kathryn ficará com seu bem mais precioso: um Jaguar XK140 Roadster 1956.

Porém, é apenas uma questão de tempo até que um dos dois aprenda que no jogo da sedução existe uma única regra: não se apaixone.

A bela, fria e manipuladora Kathryn

Segundas Intenções se tornou um clássico instantâneo, sendo uma releitura da obra As Ligações Perigosas de Pierre Choderlos de Laclos, publicada originalmente em 1872. O filme nos leva para a Nova York de 1999, onde acompanhamos os planos de Kathryn e Sebastian neste mundo de sedução e máscaras.

Gellar brinda o público com a que deve ser a melhor atuação de sua carreira, em um papel icônico e que ficou marcado para sempre na história do cinema. Embora Kathryn seja uma completa bitch (aliás, antes de Regina George, existiu Kathryn Merteuil) é impossível não cair de amores pela personagem ou amar odiá-la. Ela é a definição perfeita do mal encarnado em um corpo adolescente. Por fora, uma garota exemplar, presidente do corpo discente e religiosa, mas por dentro é vil, fria e deliciosamente má, além de sempre usar um crucifixo “abençoado’’. Inclusive, Gellar estrela uma das cenas mais icônicas dos anos 90, a qual rendeu a ela e Selma Blair o MTV Movie Award de melhor beijo em 2000.

Phillipe, aqui, é um verdadeiro sedutor, sempre com uma carta na manga para fazer qualquer garota cair aos seus pés e inadvertidamente se tornar mais uma de suas conquistas, as quais ele mantém em um diário que ninguém toca, exceto o próprio. Sebastian tem uma má reputação, conhecida por todos e quando se apresenta a Annette, ela já sabe dos podres dele e fica atenta, sabendo que ele tem fama de usar as garotas, descartá-las e que ela mesma pode estar na mira dele.

Witherspoon interpreta a doce e decidida Annette, que logo se tornará alvo de Kathryn e Sebastian, o qual fará tudo que está em seu alcance para seduzir a garota e torná-la mais um de seus troféus. Filha do novo diretor, Annette teve seu manifesto de se manter virgem até o casamento publicado em uma revista, o que despertou o interesse de Kathryn, que correu para propor este desafio a Sebastian. Afinal, estando decidida do que queria, Annette seria um verdadeiro desafio para Sebastian e se ele conseguisse levá-la para a cama, ela seria sua maior conquista e ele se tornaria uma lenda no colégio.

Como coadjuvante, temos Selma Blair, que contracenou com Witherspoon em Legalmente Loira. Aqui ela interpreta a jovem e inocente e sonsa Cecile, que logo será apresentada a esse mundo, rendendo algumas das cenas mais engraçadas do filme, contando suas descobertas sexuais para deleite de Kathryn, que lhe aconselha a dormir com o maior número de pessoas possível (huuum, safadjenha).

Sebastian Valmont, Kathryn Merteuil, Annette Hargrove e Cecile Caldwell. Rei, Rainha e os dois peões nesse jogo de poder e sedução.

Na trilha sonora temos muitos clássicos da época, sendo que na abertura do filme o público já é presenteado com Every You, Every Me do Placebo. Para a icônica cena do beijo entre Sarah Michelle e Selma Blair, temos Coffee & TV do Blur (sim, a música da caixinha de leite).

Colorblind dos The Couting Crows faz parte de uma das cenas mais esperadas pelo público e Bittersweet Symphony do The Verve encerra o filme de maneira magistral, fazendo parte de uma cena que provavelmente é uma das melhores e mais marcantes do filme. Embora a trilha funcione como um todo, estes são os pontos altos.

A fotografia é outro ponto a ressaltar, sempre mostrando a beleza da selva de pedra que é Nova York e da vida de alto padrão dos protagonistas, com destaque para o quarto de Kathryn, belíssimo com seus tons de azul bem forte e que provavelmente foi inspiração para o quarto da eterna Queen B. de Gossip Girl, Blair Waldorf.

O belo quarto azul de Kathryn

Além de dirigir, Kumble também roteirizou o filme, levando a clássica história de sexo, poder e intrigas que se passava na corte francesa do século XVIII para o novo século.

Para os fãs, uma ótima notícia: em 2015 a NBC encomendou uma série baseada no filme e no papel principal teremos Sarah Michelle Gellar reprisando sua eterna Kathryn, a qual lutará pelo controle da Valmont International. Na produção teremos o roteirista/diretor do filme, Roger Kumble, que irá dirigir o episódio piloto.

Annette e Kathryn (rainha das bitches)

Sem dúvidas, Segundas Intenções foi um filme que marcou época e se tornou um dos mais importantes do gênero teen, sendo cultuado e lembrado até os dias de hoje. Resta esperar pela série e torcer para que faça tanto sucesso quanto o filme fez, afinal o melhor já teremos: o retorno de Sarah Michelle, o que prova que o material deve ser de qualidade.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER