Uma jornada de descobertas em Beira-Mar (2015)

Beira-Mar usa o tema de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho para criar a sua identidade.

A gente vai lá e faz o que tem pra fazer” — Martin

Em 2014 o cinema brasileiro foi contemplado com um belíssimo filme, que chegou de mansinho como se não quisesse nada e conquistou a todos. Claro que estamos falando de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho. Diante do sucesso e da escolha do longa que representaria o Brasil na disputa de uma vaga no Oscar 2015, ele abriu caminhos para que outras grandes obras fossem chegando ao nosso cinema e assim conquistando a nossa atenção. E chegando agora no fim de 2015, somos contemplados com outra obra, mais cult e sem aquele apelo popular, o recém estreado Beira-Mar.

O longa acompanha Martin e Tomaz em sua viagem para o litoral gaúcho. Martin precisa encontrar um documento para o pai na casa de parentes, e Tomaz decide acompanhá-lo. Os dois acabam abrigando-se em uma casa de vidro à beira-mar, a fim de fugir da rejeição familiar de Martin e da estranha distância que surgiu entre os dois.

Com uma direção delicada dos estreantes Marcio Reolon e Filipe Matzembacher, Beira-Mar nos contempla com uma história sobre amizade e descobertas. A delicadeza que os diretores escolheram para contar a história é incrível, ficamos envolvidos desde o primeiro plano até a cena final. O roteiro escrito por eles também merece o seu destaque, afinal em momento algum eles quiseram contar uma história de amor, e sim nos entregaram em 1h20 uma história sobre as descobertas que fazemos em um determinado momento de nossas vidas.

Beira-Mar

Outra salva de palmas vai para os atores Mateus Almada e Maurício José Barcellos, que nos entregaram uma atuação arrebatadora. Martin é o exemplo perfeito do adolescente cheio de dúvidas, tanto em seu caminho quanto no seu íntimo, enquanto Tomaz é o seu oposto, um garoto que já sabe o que quer mesmo que seu maior segredo ou talvez desejo ainda não tenha sido alcançado.

A parceria de Mateus e Mauricio é um dos pontos mais altos do filme, porque sentimos que eles se conheciam realmente há tempos devido a sintonia que os dois passam em tela. Em uma determinada cena, Martin olha para o Tomaz de uma maneira que deixa o espectador realmente mexido, porque assim como ele, não sabe o que vai acontecer na cena seguinte. É aquele olhar que pode ser interpretado de diversas formas: desde um olhar de carinho até mesmo um que sabe que algo pode estar surgindo.

Mas não são só os olhares de Martin que roubam a cena, Tomaz também tem seus momentos. Os olhares que o jovem faz para as algumas situações envolvendo Martin, deixam o público atento a algo que pode vir a acontecer. Não é um olhar comum, mas também não é o olhar de alguém apaixonado. São olhos de quem tem dúvida sobre o que está acontecendo de verdade naquele lugar e naquele momento.

A fotografia está incrível e as locações parecem ter sido feitas especialmente para ele. O destaque fica pela casa onde se passa a maior parte da história. As músicas funcionam bem na maior parte das cenas, mas o que chama mais a atenção é o som das ondas quebrando em diversos momentos chaves.

Beira-Mar chega aos cinemas nacionais para se juntar ao time de outras grandes produções independentes que merecem todo o respeito e atenção do público. Com uma história mais séria, mas que não deixa de ter sua sensibilidade e ainda nos contempla com atuações e direções brilhantes.

Beira-Mar é sem sombra de dúvida um dos melhores filmes independentes brasileiros lançado no ano de 2015.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER