Under the Dome 1×02 — The Fire

Chester’s Mill é um lugar igual a qualquer outro lugar no mundo. Ou pelo menos costumava ser. Até que nós fomos cortados do mundo por uma redoma” — narrador

Os primeiros sinais de estresse de estar sobre o mesmo teto que outras pessoas, muitas delas totais desconhecidas, começaram aparecer neste episódio. Como um reality show, onde participantes confinadas em algum local sem para onde fugir, e sem informações do mundo exterior, os moradores da pacata Chester’s Mill veem-se agora numa luta para decidir como se organizar dentro da Sociedade da redoma.

Em física, sabe-se que o fogo necessita de oxigênio para queimar, e é por esta razão que se colocar-mos um copo sobre uma vela ela irá se apagar. Um incêndio de grandes proporções na cidade pode não só queimar tudo e todos como também acabar com o suprimento de oxigênio da redoma. Eu ando bem preocupado com os suprimentos da cidade, energia, alimentos, ar… o único que eu vi pensando nisso foi o Barbie e mesmo assim foi por conta de cigarros, nada que fosse necessário à sobrevivência.

Em contraponto, vimos também que a redoma pode-se tornar semipermeável, quando o Colin para a mão sobre a redoma ele sente que a água que os militares estão jogando do lado de fora está entrando, aos poucos. É a primeira informação que eles têm sobre a estrutura da redoma, mas pelo visto, o único que sabe isso é o rapaz que está do lado de dentro, pois pelo rádio ouviu-se que os militares nada sabem sobre a estrutura.

Under the Dome 1x02

Este episódio também mostrou várias ações que eu também pensei que tinham que ser testadas, como fazer um buraco rente a redoma para tentar passar por baixo (aquilo ali tem que ter algum fim…) ou mesmo a questão da água. Agora, não consigo entender o porquê que as pessoas de fora não interagem com as pessoas que estão dentro.

Será que do lado de fora a redoma é opaca? Eu estou achando isso muito estranho. Aliás, estranheza é o sentimento dominante em Under the Dome. Não dá para ficar imune a sensação de estar sufocado, correndo contra o tempo ou mesmo claustrofóbico. Esse é um dom de Stephen King: ele consegue arrancar dos leitores e espectadores sensações que em principio não conseguimos identificar, mas que atingem os nossos medos.

As tramas, em especial, uma me chama atenção: a dos adolescentes Angie e Junior. O cara já se mostrou um psicopata de primeira, com uma obseção pela monstruosa pela moça, e se o ator for bom (o que não parece ser verdade) ele tem tudo para deslanchar. Imagina que bacana: um psicopata, um serial killer preso na redoma? Daí a série teria meu completo respeito.

Enquanto os personagens e nós espectadores tentamos descobrir o porquê desta redoma, alguns outros personagens tentam esconder suas falcatruas, que agora estão muito mais fáceis de serem descobertas. O esquema que eles tinham em relação ao gás propano, que ainda não ficou bem esclarecido, é um grande perigo para a população, acho interessante o mote mas não fica claro em hora alguma como será tratado.

Um ponto que eu observei durante a cena do reverendo na casa do Duke foi como a ironia está sendo tratada na série. Ao colocar fogo nas provas ele diz: “O senhor escreve certo por linhas tortas” e o fogo se espalha pela casa, como forma de punição ao reverendo drogado e corrupto que ele é.

Até a próxima semana, se ainda tiver alguém vivo naquele aquário!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER