X-Files 2×15 — Fresh Bones

Seguindo a mesma linha dos episódios anteriores, Fresh Bones volta-se para o misticismo do vodu.

A Estátua da Liberdade está de férias.” — X

Podemos considerar que Fresh Bones e os dois episódios que o antecederam abordam a problemática do bem x mal. E este último nos faz encarar nossos medos, sentimento que nos faz rechaçar o que é diferente. Quando consideramos algo macabro ou quando afirmamos que o vodu é magia negra, geralmente o fazemos por desconhecer a cultura na qual essa manifestação religiosa se insere.

Assim como diria o Tio Ben Grandes poderes vem junto com a responsabilidade de saber utilizá-los de forma benéfica para a maioria. Mas que grandeza define essa maioria? Se você tem a melhor das intenções, mas reprime e machuca o outro, suas ações se justificam? É preciso lembrar que, durante séculos, ideologias dominantes reprimiram povos e crenças em nome do que considerava certo, sem se preocupar com identidade ou bem estar destes ‘oprimidos’.

A princípio, é com o olhar cheio de preconceitos, que enxergamos os refugiados haitianos da base militar. Esse mesmo olhar que os dois agentes também têm. É estranho pensar que todas as ações desumanas aconteciam ali com os haitianos, sob a batuta do Coronel Warthon (Daniel Benzali), mas foi preciso que dois soldados americanos fossem atingidos para que uma investigação realmente acontecesse.

O primeiro suspeito, Bauvais (Bruce A. Young), era apenas um homem que queria ter condições mais humanas para seu povo dentro do campo de refugiados até que todos voltassem para casa. Um haitiano julgado precocemente por causa de sua nacionalidade e sua fé. Então a história vai se desenrolando e as pistas vão dando uma direção, aparentemente, surpreendente. Afinal, como supor que um norte-americano, militar, pudesse estar envolvido com práticas tão bárbaras?

Outro elemento tratado nesse episódio é a importância que a crença tem para os sujeitos. Max Weber, um teórico da sociologia, afirma que a magia só tem poder quando se acredita nela. E isso fica bem claro, não para Mulder, que é um crédulo assumido, mas para Scully. Esta tem sido uma temporada para coloca-la á prova.

Através do contato dela com objetos mágicos, sua incredulidade no misticismo é abalada nos mostrando o poder que a magia pode exercer sobre alguém. Além do mais, nos dá uma cena belíssima onde podemos ver toda a força da atuação que Gillian Anderson. Aquele olhar psicótico que ela tem no carro, com as pupilas dilatas… Não há palavras para descrever.

Como se trata de um Arquivo X, falar sobre a autenticidade/veracidade dos fenômenos pode gerar inúmeras discussões. Ainda mais com a presença do jovem Chester Bonaparte (Jamil Walker Smith) em uma mostra da bondade que a crença vodu também pode trazer (uma das poucas crianças de The X-Files que não causa medo, mas simpatia). A questão não está no fato de a crença ser verdadeira ou não, se é maligna ou não, mas nas ações do fiéis e também no uso que se faz de suas práticas. O que torna ainda mais significativo o destino dos dois sacerdotes.

Ah, e que trilha sonora envolvente!

Curiosidades dos Bastidores:

– Foi o episódio de maior audiência dos dois primeiros anos de produção.

– O desenho pintado um “vever” é um sinal relativo aos “loa” ou espíritos honrados pelo vodu.

– Tetrodotoxina é, realmente, um poderoso paralisante encontrado em peixes como o baiacu. Somente chefs treinados e licenciados tem permissão para preparar o peixe, de forma a evitar envenenamento.

Segue o promo do próximo episódio:

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER