10 momentos mais chocantes de American Horror Story

Relembre cenas e personagens das seis temporadas de American Horror Story que nos fizeram ficar de cabelo pro ar.

Com seis temporadas e uma sétima já encomendada, é inegável que American Horror Story é um fenômeno da TV na atualidade. Cenas bem produzidas e um elenco de primeira marcam a história da franquia.

Ninguém sabia o que iria acontecer depois da fatídica primeira temporada. Ryan Murphy fez o bolo crescer em seis anos, com um conjunto diferente de enredo e personagens a cada temporada, e uma mitologia bem extensa, que é sempre (re)aproveitada. E assim, American Horror Story começou a nos consumir, e a cada edição nos reunimos para ver o que a mente louca dos seus produtores reservam para o público.

De Murder House, Asylum, Coven, Freak Show, Hotel, e agora Roanoke, listamos aqui os momentos mais insanos da série, já nos preparando para a grande reviravolta — a maior, segundo Murphy — que já vimos na franquia.

Homem de Borracha estupra Vivien

A identidade por trás da roupa de borracha foi um dos mistérios da primeira temporada de American Horror Story, e entregou uma das cenas mais estranhas da série. Vivien acreditava que o homem debaixo de todo aquele látex fosse seu marido, Ben, tentando apimentar a relação, e ela chegou até a engravidar naquela noite insana. Episódios depois descobrimos que não era o médico, e o resultado desse estupro deu vida à uma das crianças mais perigosas da região.

Vivien se alimenta de cérebro

Se a concepção do filho de Vivien não foi uma das mais corretas, a gestação com certeza daria problemas. Mesmo sabendo dos riscos, ela faz de tudo para manter a gravidez, e conforme o tempo vai passando na Murder House, a moça já não distingue muito bem o certo do errado. Num momento digno de No Limite, ela encara um cérebro humano inteiro — indicação de Moira — para manter seu neném fora de risco. MUITA CORAGEM!

Sexo no asilo assombrado

Imagina você ter uma Adam Levine todinho para você, mas o cara gosta mesmo é de muita emoção em um local bem esquisito. Asylum abriu com esta cena perturbadora do muso do The Voice sendo vítima do assassino Bloody Face bem no meio de um blow job daqueles. Quem mandou brincar com a sorte…

Irmã Mary Eunice do Mal

Sem dúvidas, Asylum foi uma das temporadas mais perturbadoras da história de American Horror Story. Misturando fé com aliens, serial killers e preconceitos, um dos destaques foi a transformação da meiga irmã Mary Eunice. Depois que ela é possuída pelo demônio, tudo de pior começa a acontece em Briarcliff, com cenas de nos deixar arrepiados. E, lembre-se, Irmã Mary Eunice sabe tudo. Afinal, ela é o diabo.

Shelley é encontrada em um playground

O Dr. Arthur Arden também ajudou a Asylum a ser uma das temporadas mais impactantes da franquia. Seus experimentos deixaram marcas profundas nos habitantes de Briarcliff, entre elas a ninfomaníaca Shelley. Os experimentos com a moça foram tantos e tão insanos, que antes de morrer ela estava praticamente irreconhecível. Em uma de suas fugas, ela acabou encontrada em um parque por crianças, que ficaram aterrorizadas — e não é para menos.

A terapia de choque na Irmã Jude

A dupla do mal ainda usou como vítima a comandante de Briancliff, a Irmã Jude. Tudo bem que ela não era nenhuma flor que se cheire — praticamente arruinou a vida de Lana Winters — mas dar para sentir a dor da terapia de eletrochoque só de assistir à essa cena. Os desdobramentos de Jude após isso foram tristes, e mesmo que ela tenha ajudado Lana a fugir do asilo, não foi nem um pouco recompensada e acabou quase esclerosada por conta das terapias aplicadas pelo Dr. Arden.

O estupro de Madison Montgomery

Assim como Jude, Madison Montgomery não era a bruxinha mais legal do pedaço em Coven, mas o coração ficou partido quando a moça foi estuprada por vários rapazes em uma festa de fraternidade. Os efeitos disso foram nefastos — ela com certeza ignorou aquele ditado do Seu Madruga sobre a vingança — e a alma de Madison ficou ainda mais sombria depois disso (bem mais sombria).

O Massacre dos Caçadores de Bruxas

Em Coven, Vin Diesel não teria a mesma sorte. O que era para ser uma reunião para estender a bandeira branca, acabou se tornando um banho de sangue. Foi machadada para tudo quanto é lado, e nem o Luke Cage conseguiu escapar da fúria de Marie Laveau e Fiona Goode.

O palhaço Twisty

Os primeiros episódios de Freak Show foram intensos e cheios de sangue, graças às ações do palhaço Twisty. Assim como as “criaturas” abrigadas por Elsa Mars, ele teve um passado difícil, que quando mostrado a gente até sentiu uma peninha. Mas sua deformação na boca o deixou ainda mais aterrorizante. Até o Coisa deve ficar com medo do Twisty.

O Banho de Sangue de Dandy Mott

O palhaço Twisty começou a agir sozinho, mas com o tempo despertou a veia assassina do mimado Dandy Mott. No auge da sua soberba sanguinária, o rapaz se banhou confortavelmente no seu quarto com o sangue de suas vítimas. Mais um momento de tremendo arrepio em Freak Show.

A Noite do Demônio

Entrar no Hotel Cortez era assinar seu atestado de óbito, agora imagina um jantar só com assassinos em série. A Noite de Demônio foi um dos episódios de Halloween mais marcantes de American Horror Story, com as representações de Richard Ramirez, John Wayne Gacy, Jeffrey Dahmer e Aileen Wuornos em volta de uma mesa para “celebrar” seus crimes. Foi um bom uso do formato da temporada, e um grande destaque (mais uma vez) para Lily Rabe, que estava insana como Aileen Wuornos.

A morte de Cricket

Estamos chegando no capítulo 6 da sexta temporada, e realmente impressionados com o que Ryan Murphy foi capaz de fazer. A Açougueira por si só já é uma personagem de dar muito medo, junta a isso o Homem Porco, os meninos gritando Croatan e as atrocidades dos colonos de Roanoke, e só os fortes poderão ver esses primeiros episódios. Mas uma cena que você provavelmente revirou os olhos foi a captura do médium Cricket, que foi de dar medo, nojo, arrepio — tudo ao mesmo tempo.

O dia das bruxas está vindo ai, e é uma ótima pedida salvar esta Lista para rever estes episódios. Se você ainda não deu uma chance a American Horror Story, aproveite a boa onda da sexta temporada e engate de uma vez na criatividade sangrenta de Ryan Murphy. Para quem está acompanhando Roanoke, o sexto episódio vai ao ar hoje, nos Estados Unidos (cuidado com os spoilers na internet), e amanhã, aqui no Brasil, pela emissora FX.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

A história dos bastidores do livro/filme IT podem ser tão bizarras quanto a narrativa. Assista!

Será que você sobreviveria em American Horror Story 1984? Assista ao vídeo e prepare-se para a nova temporada.

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER