19 Anos de Chiquititas Brasil

O BOXPOP relembra os 19 anos da novelinha mais amada do Brasil na década de 90, Chiquititas.

Mexe Mexe com os Pés… Mexe Mexe a Cabeça… Remexe Bem. Quem nunca cantou o refrão de Remexe em sua infância na década de 90, certamente não era uma criança feliz e que estava atenta à um dos maiores fenômenos daquela década: Chiquititas.

Silvio Santos tinha ido até a Argentina a trabalho e em uma dessas idas acabou assistindo a um capítulo da novela argentina Chiquititas, que por lá já estava em sua segunda temporada. O sucesso era tão grande na Argentina que a novelinha tinha se transformado em uma verdadeira febre, eram brinquedos, roupas, cadernos, mochilas, CD’s e até mesmo um espetáculo teatral com todas as funções esgotadas. Diante disso, Silvio percebeu que faltava uma novela infantil em sua programação — naquele período o SBT transmitia os sucessos de Thalía e decidiu então marcar uma reunião com a criadora, Cris Morena e a emissora argentina, Telefe.

Chiquititas estreou no SBT em 28 de julho de 1997 às 20h da noite, substituindo o sucesso de Maria do Bairro e logo se transformou em uma verdadeira febre entre a criançada no Brasil inteiro.

A novela narra a história de um grupo de órfãos que vivem em uma mansão, conhecida como Raio de Luz, cujas vidas são tocadas e alteradas por Carol. Suas experiências, tais como descobrir o primeiro amor, decepções, solidão e amizade, bem como aventuras de fantasia, são retratadas ao longo da trama.

A novela brasileira começou em 1997, quando a versão argentina estava em sua terceira temporada, e foi filmada em Buenos Aires, nos mesmos estúdios Telefe e locais utilizados para a série original, com Buenos Aires tendo aparecido como São Paulo no enredo. Com exceção dos clipes de Até 10 e Sinais, todos os videoclipes foram filmados no Brasil, utilizando locais como o parque do Museu Paulista, a Avenida Paulista, o Theatro Municipal de São Paulo e o Memorial da América Latina, entre outros por todo o país. Os clipes Passarinho, Liberdade, Estrela, Não Pode Ser e No Começo, da 5ª temporada, foram filmados em Fernando de Noronha.

As músicas foram traduzidas e adaptadas para o português brasileiro por Caion Gadia e, de forma diferente da versão original, a maioria dos atores dublaram as vozes de cantores profissionais em seus temas. As exceções foram Flávia Monteiro, Gésio Amadeu, Omar Calicchio, Magali Biff e Débora Olivieri, do elenco adulto.

No Brasil, os álbuns gravados com a trilha sonora da novela tiveram grande sucesso de público. As canções eram, em sua maioria, gravadas por cantores profissionais adultos, jovens e crianças, e dubladas pelos atores da novela em videoclipes e shows. Quase todas as músicas da trilha sonora originaram videoclipes, que eram exibidos durante os capítulos da trama ou ao final, enquanto apareciam os créditos da novela. A atriz Flávia Monteiro expressou um grande talento também como cantora, quando deixou de dublar as canções para gravá-las com sua própria voz.

Logo após sua estreia, a telenovela tornou-se extremamente popular atraindo centenas de merchandising e vendendo mais de 3 milhões de álbuns. Ser parte do elenco se tornou um sonho entre muitas crianças brasileiras. E, em 1999, mais de 15.000 pessoas em São Paulo, 10.000 no Rio de Janeiro e 6.000 em Recife participaram das audições para a terceira temporada da série, um recorde de maior seleção de elenco. Após as produções musicais lançadas na Argentina, a versão brasileira também teve apresentações musicais ao vivo em seu país, com todo o elenco principal, em 1998, quando a telenovela foi a terceira temporada. O elenco e a equipe deveriam estar em turnê por todo o Recife, Fortaleza e Brasília, mas devido a questões orçamentais, a turnê foi cancelada e o grupo se apresentou apenas no Rio de Janeiro e São Paulo. Em 2000, quando Chiquititas Brasil estava em seu quinto ano, o videoclipe Adolescente chegou a ser exibido na antiga MTV Brasil.

De todo o elenco de Chiquititas que passou na novela de 1997 até 2001, um grande número teve êxito em produções fora do SBT: Fernanda Souza, Débora Falabella, Bruno Gagliasso, os irmãos Sthefany e Kayky Brito, Jonatas Faro, Carla Diaz, Nelson Freitas, Marcos Pasquim, Carmo Dalla Vecchia, Bianca Rinaldi, Elisa Veeck, Ana Olívia Seripieri, Débora Olivieri, Magali Biff, Gésio Amadeu, Bruno Gagliasso, Gustavo Haddad, Imara Reis, Paulo Nigro, Neusa Maria Faro, Rogério Márcico, Thiago Oliveira, Jiddu Pinheiro, Caio Romei, André Cursino, Ângela Correa, Ariel Moshe, Bruna Guasco, Cristina Sano, Fernando Neves, Gerson Steves, Giovanni Delgado, Greta Antoine, Karine Carvalho, Larissa Bracher, Lavínia Pannunzio, Manuela Assunção, Maria Estela, Mateus Carrieri, Nelson Baskerville, Roberto Arduim, Sebastião Campos, Thiago Farias e Thiago Pinheiro.

O SBT reprisou a primeira temporada de Chiquititas entre 22 de novembro de 2004 à 9 de abril de 2005, em 126 capítulos, às 18h00 e logo depois às 18h30.

Em 2007, o SBT exibiu Chiquititas 2000, a sexta temporada da versão original. A 7ª temporada não foi exibida pelo fato da temporada só poder ser exibida na Argentina e Israel. No ano seguinte, 2008, o SBT exibiu uma nova temporada, Chiquititas 2006, que recebeu o título de Chiquititas 2008.

Anunciada em 19 de agosto de 2012, no ano em que Chiquititas Brasil completou 15 anos de sua exibição original, a nova versão foi realizada para substituir Carrossel, que estava no ar desde 15 de julho de 2013. A trama é readaptada pela autora Iris Abravanel.

Após meses de rumores, o SBT confirmou a atriz Manuela do Monte no papel da garçonete do café boutique, futura diretora do lar e figura materna dos órfãos.

A nova versão de Chiquititas ficou no ar de 15 de julho de 2013 e 14 de agosto de 2015, totalizando 545 capítulos, exibidos de segunda a sexta no horário das 20h30. Diferente da versão original, aqui as músicas não fizeram tanto sucesso. Remexe, Até 10, Coração com Buraquinhos, Sinais, Berlinda, Tudo Tudo e Me Passam Coisas foram as únicas músicas presentes em ambas versões, o restante das músicas eram composições originais.

O que todos sabem é que Chiquititas sempre será uma novela lembrada com muito amor, carinho admiração de uma geração que acompanhou seus dramas, suas aventuras, suas músicas, etc.. . Apesar de hoje as novelas infantis estarem fazendo bastante sucesso nas noites do SBT, só quem viveu aquele momento mágico sabe dizer o quão importante foi ser uma (um) Chiquitita (O) na década de 90.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!